mundonovelas_Dia_Paes_e_Marcos_Palmeira_s_o_policiais_em_O_Rebu

As novelas ou qualquer outro produto de dramaturgia tentam reproduzir o mais fiel possível os carros de polícia, já que não conseguem autorização para usarem os veículos oficiais.

O Observatório da Televisão conversou com um produtor de arte de uma emissora de TV, que tem sua sede em São Paulo, e que   produz novelas, que pediu que seu nome não fosse revelado. O produtor contou como as emissoras fazem para reproduzir os veículos de polícia em suas produções.

De acordo com o produtor o primeiro passo é verificar qual a cor do veículo que será reproduzido, no caso da Polícia Militar do Estado de São Paulo, as viaturas policiais são na cor branca, assim os carros que serão utilizados na cena deverá ser na cor branca. A produção encomenda adesivos que se assemelham com as cores presentes nos carros de polícia de São Paulo, que são nas cores pretas e vermelhas.


Um carro do modelo das viaturas policiais todo na cor branca é alugado pela produção da novela, é colocado os diversos adesivos imitando os que constam nas viaturas oficiais, apenas os símbolos que constam na viatura da polícia é modificado levemente, para evitar que o carro fique uma clonagem de uma viatura oficial. Se o carro estiver presente em apenas um  capítulo ou cena da novela, no final da gravação os adesivos são retirados e o veículo volta a ser um carro normal, caso esteja presente em diversas cenas ele continua adesivado.

De acordo com informações do produtor, os carros utilizados em dramaturgia são alugados pelo valor  de R$100,00, em média, por cada diária de gravação.