galvão e luciano

O narrador Galvão Bueno conversou no último sábado ao vivo com José Luiz Datena, no Brasil Urgente da TV Bandeirante sobre a morte de Luciano do Valle. O número 1 da Globo disse que teve que se esforçar muito para enfrentar o seu principal concorrente.

“Foram 37 anos disputando cada ponto da audiência esportiva brasileira na televisão”. Foi assim que o narrador esportivo definiu a relação com Luciano do Valle, que morreu no último sábado (19). O titular da Globo entrou ao vivo no programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, e lamentou a morte do amigo.

“A televisão brasileira e a comunicação brasileira ficam mais pobres. Luciano é um marco para a história do país. Eu me orgulho de poder dizer que fui amigo, que eu concorri com ele e que eu aprendi com ele”, disse Galvão.

O Global mostrou estar emocionado com a morte de Luciano do Vale. O narrador titular da Bandeirantes foi acometido por um mal súbito no sábado, em Uberlândia, quando se deslocava para transmitir o jogo Atlético-MG x Corinthians.

“Nós trabalhamos juntos durante quase um ano na Globo, e ele me ensinou muito. Para poder enfrentá-lo eu tive de me esforçar muito. Tive de me tornar mais conhecedor”, declarou o global.

Galvão começou como narrador na Bandeirantes. Na época, Luciano do Valle ocupava o principal posto entre os locutores da emissora carioca.

“Como vai ser fazer a Copa do Mundo sem tê-lo na outra linha? Vai ser difícil, cara. Como foi bom tê-lo como grande concorrente”.

Ainda na Band

Luciano do Valle morreu a caminho de Uberlândia, onde ia narrar a partida entre Atlético-MG e Corinthians, válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2014.

Na ausência deste narrador a Band as pressas colocou Nivaldo Pietro no lugar, que, ao ser chamado para entrar no ar com Milton Neves não conseguiu conter as lágrimas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui