rachel-sheherazade

A Procuradoria Geral da República (PGR) aceitou nesta quinta-feira (27) a representação feita pela deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) contra a jornalista Rachel Sheherazade e o SBT. A parlamentar solicita uma investigação, alegando que a âncora do SBT Brasil cometeu o crime de apologia e incitamento à tortura e ao linchamento, caracterizado no artigo 287 do Código Penal, em opinião durante a apresentaçnao do telejornal, em rede nacional.

Em declaração ao site Purepeople, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse que os vídeos que mostram a opinião de Rachel no SBT Brasil sobre o caso envolvendo um grupo que puniu um menor infrator no Rio de Janeiro serão avaliados. “Não se pode pregar contra o Estado democrático. Isso é muito sério”, opina Janot. “Se você faz um discurso de ódio para a sociedade, não há como controlar o que ocorre depois por aí”, completa.

Em nota enviada ao Purepeople, Jandira Feghali explica que seu pedido de investigação se justifica. “As pessoas não podem se sentir legitimadas por um discurso neofascista e sair por aí julgando e executando outros cidadãos. E, no geral, os executados em sua maioria são os mais pobres e negros”, diz. “Não queremos que se crie um paradigma na televisão de incitação à violência na busca da audiência e do lucro. É preciso repensar o que está sendo feito”, critica.

Veja também: Ana Paula Padrão diz que Rachel Sheherazade é um perigo

Polêmica

Em fevereiro deste ano, um adolescente foi espancado e preso nu pelo pescoço a um poste através uma trava de bicicleta por homens no Aterro do Flamengo, na Zona Sul da capital fluminense. O jovem cometia furtos na região. Com a notícia, Rachel Sheherazade, que ficou conhecida por causa de suas opiniões fortes, deu o seu parecer sobre o fato no SBT Brasil.

“No país que ostenta incríveis 26 assassinatos a cada 100 mil habitantes, que arquiva mais de 80% de inquéritos de homicídio e sofre de violência endêmica, a atitude dos vingadores é até compreensível. O Estado é omisso, a polícia é desmoralizada, a Justiça é falha. O que resta ao cidadão de bem que, ainda por cima, foi desarmado? Se defender, é claro”, disse.

“O contra-ataque aos bandidos é o que chamo de legítima defesa coletiva de uma sociedade sem Estado contra um estado de violência sem limite. E, aos defensores dos Direitos Humanos, que se apiedaram do marginalzinho preso ao poste, eu lanço uma campanha: faça um favor ao Brasil, adote um bandido”, encerrou Rachel.

Concessão

A representação protocolada por Jandira Feghali também responsabiliza o SBT. A deputada sugeriu à Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) que interrompa o repasse de verbas oficiais ao SBT durante a investigação da Procuradoria Geral da República.

As verbas são repassadas às emissoras de rádio e TV por causa das propagandas e campanhas do governo federal exibidas nos canais. Em 2013, por exemplo, o SBT recebeu R$ 150 milhões da União. Jandira pediu ainda, em último caso, caso não haja uma resposta firme da emissora sobre o assunto, uma análise da concessão do canal de Silvio Santos.

Já Rachel, se for condenada, poderá pegar detenção de 3 a 6 meses ou pagar multa, conforme prevê o Código Penal.

Veja também: 

Governo estuda punir SBT por opinião de Rachel Sheherazade

Confira a representação do PCdoB contra o SBT

Rachel Sheherazade diz que não se vende e não vai se calar

16 COMENTÁRIOS

  1. È claro, falar a verdade é fazer apologia ao linchamento e à tortura, em um “país” que adora corruptos, safados e bandidos! É vergonhoso, mas diz muito sobre nós, brasileiros!

  2. Já que a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) sente que deva ser feita a ”justiça” para os brasileiros, que a mesma apresente também uma representação no supremo, contra todo o governo federal que vem roubando os cofres publicos de forma descarada, seja com as obras hiper-super-faturadas da copa, seja com o programa mais médicos, que não sei com se permite essa servidão e esse desvio de dinheiro descarado, seja com o hiper-faturamento da compra da empresa estaduniense e sabe-se se la o que mais se comprou lá fora, com um mega desfalque de preço, para se jogar dinheiro publico no exterior, ou seja por essas mazelas que ocorrem na educação, segurança e saude pelos desvios de verbas publicas federais, estaduais e municipais, ou seja, por tudo que se vê, então que a distinta parlamentar faça seu trabalho…(sqn) e é claro vai minha sugestão ao SBT e essa maravilhosa jornalista: Se a deputada nao fizer nada, então coloquem ela na mira dos jornalistas investigativos…quero ver se ela nao tem telhado de vidro!? Não existe politico honesto nesse país! Se não roubam, são co-autores dos roubos! Investigue essa senhora!

  3. Politicos metem a mão em nossos impostos, e ninguem abre uma “representaçao” contra eles. País de m………er…da!!! Parabens Sheherazada, disse o que todos nos , pessoas de bem, queriam.!

  4. SO PORQUE O SBT RECEBE MILHOES POR SERVICOS PRESTADOS NAO SE PODE COMENTAR O QUE DE FATO É VERDADE…A APLICACAO DE RECURSOS PARA A SEGURANÇA PUBLICA AINDA É POUCO E APROVACAO DA PEC 300 DEVERIA SER APROVADA E UMA POLITICA PUBLICA MAIS EFETIVA DE E NAO ASSISTENCIALISMO DE BOLSAS, OS PROCURADORES TEM QUE PROCURAR DENTRO DO PLANALTO AS FACALTRUAS E DEIXAR A Rachel ….GRANDIOSA REPORTER FALAR O QUE MUITOS BRASILEIROS CLAMAM…ELA TEM O DIREITO DEMOCRATICO DE FALAR O QUE É REAL…E SE NAO O É QUE FALEM OS PROCURADORES QUAL REALIDADE O BRASIL PASSA

  5. É a censura de Estado funcionando! Os comunistas não toleram a opinião acerca dos seus descalabros e a situação caótica em que deixaram o Brasil! Ou o país se livra deles ou o futuro desta nação será o mais sombrio possível! Hipócritas!

  6. É só entregar esses bandidos pra essa deputada de m…. “muita” importância e ela se vira. Fica fácil quando a pimenta é nos olhos dos outros, quando a violência não vai lá nos condomínios chiques onde eles moram. VSF !!!

  7. Que democracia podre é essa? A jornalista tem todo o direito de mostrar sua opnião, assim como qualquer outra pessoa. Infelizmente no Brasil continuamos vivendo uma ditadura mascarada.

  8. Procuradora da República e não entende de intepretação, básica, de texto? Lamentável! A jornalista falou uma realidade que todo mundo acha mas não fala abertamente como ela falou. Se um desses bandidos ou assassinos, criminosos de toda estirpe fizesse algo com algum familiar dessa parlamentar eu queria ver se ela não teria uma urgência pessoal para contribuir com uma reforma efetiva do código penal!

  9. o povo está omisso, é o povo que tem que tomar as decisões do pais, e nao estes canalhas prepotentes, que nao pode sed falar verdades que toca o brioco de todos eles, o proble ma do nosso país é moral e nao economico, verdades foram criadas para serem ditas, e nao guardadas em uma gaveta empoeirada de tantas sujeiras, esse pís ainda te m jeito basta, aparecer um lider, que o povo o seguira
    que sejas tu sheherazade, conte com os meus svc se precisar.

  10. Acho que a deputada esta com medo de que a populaçao começe a fazer isso com os politicos . Ja vao começar tarde . So assim vamos ter realmente democracia.

  11. Dane-se essa De(puta)da. Ao final a verdade prevalecerá, e Raquel sempre me representará!. Parabéns Raquel, continue firme, estamos contigo, para limpar o Brasil, destes falsos comunistas!.

  12. Esses políticos e o pessoal do poder judiciário deveriam estar trabalhando para termos uma lei mais seria neste pais, pois outro dia vi um marginal na tv dizendo que “FEBEM” pra ele era creche. e o marginal tinha somente 17 anos e possivelmente uma ficha criminal digna de qualquer grande bandido do passado. Você fala a verdade e é punido por quem quer aparecer na mídia, ao invés de procurar falha na lei que protege bandido e tentar corrigir, VTMN*#@#@#…..

  13. Censura, é censura das grandes. O STF deveria era cortar os gastos que temos com os deputados, isso sim, é uma vergonha.

  14. Acabaram com a Democracia e depois era o regime Militar que não prestava, hipócritas o Brasil esta afundando na corrupção e ninguém faz nada, sou totalmente a favor da Raquel Sheherazade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui