Hariany, do BBB19
Hariany, do BBB19 (Reprodução/ TV Globo)

Na última quinta-feira (11), um fato inesperado aconteceu dentro da casa do Big Brother Brasil. Faltando apenas um dia para a grande final da décima nona temporada, a produção lidou com um caso de expulsão. A goiana Hariany, bêbada durante uma festa oferecida pelo programa agrediu a participante e também sua amiga, Paula. Tudo começou quando Hariany foi até o quarto, e disparou que a amiga proferia frases que magoam as pessoas, mas que contaria tudo isso para ela somente em outro momento.

A estudante saiu do local e depois retornou ainda tentando colocar seu ponto de vista, mas, visivelmente alterada pelo consumo de bebidas alcoólicas. Ela então empurrou Paula, e se desculpou ciente que aquilo poderia custar sua permanência no programa. As imagens foram repetidas a exaustão em flashes durante a programação da Globo e a hashtag #HarianyExpulsa figurou entre os assuntos mais comentados no Twitter durante toda a quinta-feira.

Analisadas as imagens, a direção do programa desclassificou Hariany por agredir fisicamente outro participante, regra que existe desde que atração estreou no Brasil em 2002. Porém, o caso de expulsão de um competidor não é inédito no reality. Em temporadas anteriores, também aconteceram problemas internos e externos que levaram à desclassificação.

O primeiro participante expulso

Daniel Echaniz, do BBB12
Daniel Echaniz, do BBB12 (Divulgação/ TV Globo)

Daniel Echaniz

Durante a temporada 2012 do BBB, o participante Daniel Echaniz, na ocasião com 31 anos foi expulso por chamado “comportamento inadequado”. O modelo após uma festa foi para o quarto com outra participante, Monique Amin. Lá, eles trocaram beijos e sob o edredom foi possível ver movimentos que sugeriam ato sexual enquanto a moça estava desacordada. A polêmica se fez nas redes sociais, e internautas acusaram Daniel de ter estuprado Monique enquanto ela dormia. A polícia foi até os Estúdios Globo para investigar se houve estupro, e o participante foi desclassificado.

Mais

Ana Paula Renault
Ana Paula Renault (Divulgação/TV Globo)

Ana Paula Renault

Considerada a protagonista da temporada 2016 do programa, Ana Paula Renault foi outra participante expulsa. A mineira ganhou o carinho do público com suas opiniões fortes, embates com outros brothers e até mesmo com sua larga utilização de memes. Desafeto de vários participantes, ela voltou ao confinamento após passar alguns dias em um quarto observando tudo o que eles faziam, inclusive diziam sobre ela. Durante uma festa, Ana Paula se desentendeu com o Renan, e lhe deu um leve tapa no rosto. O rapaz sentiu-se agredido e foi até o Confessionário clamar pela desclassificação da participantes, que foi expulsa horas depois.  

Marcos Harter (Reprodução/ TV Globo)
Marcos Harter (Reprodução/ TV Globo)

Marcos Harter

O cirurgião Marcos Harter também foi um dos desclassificados da atração em sua reta final. No Big Brother Brasil 17, ele se envolveu com a jovem Emilly, e o romance era regado a fortes discussões. Em uma delas acontecida durante uma festa, Marcos valeu-se de sua altura e num bate boca com a moça, impediu que ela saísse de perto dele. A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, solicitou à Rede Globo as imagens das brigas do casal e instaurou inquérito na ocasião.

Chamada ao Confessionário, Emilly não delatou agressão física e foi submetida a exames médicos. Com psicólogos e especialistas envolvidos, a direção do programa tomou a decisão de desclassificar o participante. “Na conversa de hoje, ficaram comprovados indícios de agressão física. No BBB, agressão gera expulsão, e decisão foi tomada. O Marcos está eliminado do BBB 17”, disse o apresentador Tiago Leifert ao comunicar ao público sobre o caso.

Neste ano

Fabio e Ana Clara
Fabio e Ana Clara (Reprodução)

Fábio Alano

Um curioso caso de “expulsão” também aconteceu na atual temporada do reality. Antes mesmo da estreia, o lutador de MMA Fábio, foi desclassificado do BBB. O rapaz estava no hotel aguardando para adentrar no confinamento quando foi avisado que deixaria a competição. “A Globo tomou conhecimento hoje de fatos relacionados ao participante, avaliados como inadequados ao perfil dos competidores conforme o regulamento do programa”, dizia o comunicado oficial divulgado pela emissora. Posteriormente, Fábio explicou que sua desclassificação se deu por ter de forma inocente omitido que tinha sua imagem vinculada a uma empresa que o patrocinava nos esportes.

Vanderson
Vanderson (Reprodução/ TV Globo)

Vanderson
Ainda nesta edição do BBB, o acriano Vanderson foi convidado a se retirar do programa. Acusado de ter cometido crimes contra três mulheres diferentes, o participante foi convocado a depor na Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

“Infelizmente nosso herói acriano foi desclassificado do jogo. Lembrando que não existe um veredicto final da justiça. A Rede Globo com a direção do BBB decidiram eliminar ele do reality devido ao contato com o mundo exterior, que fique claro — o que não faz parte ou é permitido segundo as normas do contrato e programa. Lamentamos muito o ocorrido e acreditamos no melhor pra ele! Sabemos que coisas incríveis esperam por ele aqui fora e os familiares e amigos irão recebê-lo de braços abertos. Os brothers ficaram perplexos assim como nós com o anunciado surpresa de Tiago Leifert. Obrigado pelo apoio, pela ajuda e madrugadas votando. Obrigado pelo carinho e torcida. Ele vai precisar muito da gente aqui fora!”, escreveu a família do rapaz em um comunicado no Instagram.

Últimos vídeos do Canal no YouTube