Além de O Outro Lado do Paraíso, Bianca Bin já teve destaque em outras novelas. Confira!

Atriz interpreta a protagonista da trama das 21 horas (Reprodução/TV Globo)
Atriz interpreta a protagonista da trama das 21 horas (Reprodução/TV Globo)

No ar como a mocinha Clara de “O Outro Lado do Paraíso”, a atriz Bianca Bin vem aos poucos roubando a cena e ganhando a torcida dos telespectadores que acompanham a trama das 21 horas. Apesar de contar com menos de 10 anos de carreira, a artista também já brilhou em outros trabalhos importantes na TV Globo. Vamos recordar?

Leia também:
Comemorando a extração de esmeraldas, Sophia transa com Mariano
O Outro Lado do Paraíso: Lívia diz para Clara que não pode ter filhos porque fez aborto

Artista iniciou na televisão em 2009 na novelinha teen (Reprodução/TV Globo)
Artista iniciou na televisão em 2009 na novelinha teen (Reprodução/TV Globo)

“Malhação”

Há 8 anos, Bianca foi selecionada para protagonizar a temporada de 2009 da novelinha teen “Malhação”. Na história, a atriz interpretou a Marina, uma garota bem alegre que morava no Ceará e que era apaixonada pelo seu melhor amigo Luciano (Micael Borges). Ao mudar para o Rio de Janeiro, a mocinha se envolveu em várias aventuras e dilemas com a turma do colégio Múltipla Escolha.

No horário nobre, Bianca viveu a destemida Fátima (Reprodução/TV Globo)
No horário nobre, Bianca viveu a destemida Fátima (Reprodução/TV Globo)

“Passione”


Em “Passione”, a global deu vida a destemida Fátima, uma jovem que tinha uma relação bastante conturbada com a mãe Candê (Vera Holtz) na ânsia de descobrir quem era a sua verdadeira mãe biológica. Sonhadora, a personagem acabou ganhando uma nova família e precisou se adaptar a grandes reviravoltas em sua vida.

A global também encantou o Brasil com a doce Açucena (Reprodução/TV Globo)
A global também encantou o Brasil com a doce Açucena (Reprodução/TV Globo)

“Cordel Encantado”

No folhetim de época que encantou os telespectadores em 2011, Bianca interpretou a doce Açucena, par romântico do corajoso Jesuíno (Cauã Reymond). Apesar de ser uma pessoa bem simples na cidade de Brogodó, a mocinha se descobriu herdeira do rei Augusto (Carmo Dalla Vecchia) e também dona de uma parte de toda a riqueza do reino de Serafia.

Na faixa das 19 horas, a famosa interpretou a vilã Carolina (Reprodução/TV Globo)
Na faixa das 19 horas, a famosa interpretou a vilã Carolina (Reprodução/TV Globo)

“Guerra dos Sexos”

Na trama exibida na faixa das 19 horas, a famosa deu vida a ambiciosa Carolina, uma garota que não media esforços para chegar onde queria. Apesar de conseguir enganar muita gente na história exibida em 2012, a personagem foi desmascarada pela mãe Nieta (Drica Moraes) no dia do casamento dela, acabando com os planos da jovem vilã de se dar bem na vida.

Bianca foi uma matriarca sofredora em folhetim de época (Reprodução/TV Globo)
Bianca foi uma matriarca sofredora em folhetim de época (Reprodução/TV Globo)

“Joia Rara”

Apesar da pouca idade, a global foi a matriarca Amélia em “Joia Rara”, de 2014. Casada com Franz Hauser (Bruno Gagliasso) e mãe da esperta Pérola (Mel Maia), a sofredora personagem passou por inúmeros apuros por ser de uma classe social diferente da do marido. Amélia foi presa, perdeu a guarda da filha e ainda viu o companheiro se casar com outra antes de alcançar o merecido final feliz.

Com looks extravagantes, a mimada Vitória aprontou todas (Reprodução/TV Globo)
Com looks extravagantes, a mimada Vitória aprontou todas (Reprodução/TV Globo)

“Boogie Oogie”

No divertido folhetim das 18 horas, Bianca deu vida a mimada Vitória, uma das personagens centrais da história e que integrava o triângulo amoroso junto de Rafael (Marco Pigossi) e Sandra (Isis Valverde). Com looks para lá de coloridos e extravagantes, a garota que era dona de uma boutique aprontou todas e lutou até o final da novela pelo amor que tinha pelo ex-namorado.

Na pele da empregada Maria, a atriz roubou a cena em obra de Walcyr Carrasco (Reprodução/TV Globo)
Na pele da empregada Maria, a atriz roubou a cena em obra de Walcyr Carrasco (Reprodução/TV Globo)

“Eta Mundo Bom”

No folhetim de Walcyr Carrasco que atingiu altos índices de audiência, Bianca roubou a cena ao viver a empregada Maria, uma jovem que foi expulsa de casa pelo pai por engravidar antes do casamento. Na mansão de Candinho (Sérgio Guizé), a doméstica ajudou o caipira a não ser enganado pelos vilões da casa e ainda conquistou o coração de Celso (Rainer Cadete), o sobrinho da sua patroa Anastácia (Eliane Giardini).