Logotipo da novela Canavial de Paixões (Reprodução/SBT)
Logotipo da novela Canavial de Paixões (Reprodução/SBT)

O SBT estreou em 13 de outubro de 2003 uma das novelas mais lembradas de sua parceria com a Televisa: Canavial de Paixões. Adiada por um ano em virtude de questões estratégicas da emissora, que na ocasião quase rompeu o acordo com os mexicanos, a história de uma grande mentira que inviabiliza o amor de dois jovens caiu como uma luva para o público do SBT.

SBT inicia a adaptação da novela Patinho Feio com nova autora

A história de Canavial de Paixões

Teresa (Débora Duarte) e Amador Giácomo (Victor Fasano) são os proprietários do Grupo Usineiro Giácomo. A empresa é expoente dos negócios que regem a economia da pequena São Bento dos Canaviais, cidade fictícia. Não é segredo para ninguém, e menos ainda para Teresa, que Amador tem casos fora de casa. Ela não se incomoda muito. No entanto, ela mantém sua família afastada dos Santos, donos de um grande canavial da região. Tudo porque Débora Feberman Santos (Cláudia Ohana), mulher de Fausto Santos (Jandir Ferrari), viveu um romance com Amador na juventude.

Raquel (Helena Fernandes), irmã de Débora, é amante de Amador. Ou seja, Teresa dirige seu ódio à mulher errada. Débora e Amador acabam morrendo num acidente, quando ela comparece ao invés da irmã para dissuadir o antigo namorado de fugir com sua amante. Todavia, uma intriga de Raquel joga a condição de amante de Amador sobre Débora e, como se não bastasse, ainda levanta dúvidas sobre a paternidade de Clara (Rayanna Vidal), sua sobrinha. Por sua vez, Teresa passa a odiar ainda mais a família Santos.

Os amigos de infância e suas vidas entrelaçadas na idade adulta

Clara é amiga de outras crianças da mesma idade. Principalmente de Paulo (Giovanni Delgado), filho de Teresa e Amador. João de Deus (Giovanni Forner) é o afilhado do Padre Antônio (Jonas Mello), irmão de Teresa. Mirela (Bruna Guasco) é a neta de Remédios (Wanda Stefânia), que todos na cidade têm como feiticeira.

Passam-se 15 anos e os amigos se reencontram já adultos. Clara (Bianca Castanho) e Paulo (Gustavo Haddad) se apaixonam. João de Deus (Thierry Figueira) é o homem forte dos negócios de Fausto, que se casou com a cunhada Raquel. Ele disputa o amor de Clara com Paulo. Mirela segue com a avó e é a grande amiga de Clara. Além dos padrinhos da jovem, Amália (Patrícia Mayo) e Miguel (José Steinberg).

Ao longo de toda a novela Teresa tenta afastar o filho Paulo de Clara. Enquanto João de Deus tenta conquistar a jovem, outras histórias se desenvolvem. Entre elas, a de Agenor (Oscar Magrini), braço direito de Teresa na usina. Lourdes (Paula Cohen), a empregada que foi praticamente mãe de Clara após a morte de Débora. Os irmãos Gina (Bruna Thedy) e Guilherme (Sidney Sampaio), filhos de Carlos (Hélio Cícero). Dr. Alexandre Belay (Walter Cruz) e Hilda (Analu Graci), um casal desajustado.

SBT: algumas novelas marcantes dos 37 anos da emissora

Canavial de Paixões e suas reprises

Um ano e meio depois, o SBT reprisou a novela pela primeira vez, às 15h. Essa primeira reprise ficou no ar, a saber, de outubro de 2005 a março de 2006. Em 2010, valendo-se de mudanças provocadas pelo horário eleitoral, para substituir a inédita Uma Rosa Com Amor a emissora se valeu de Canavial de Paixões. Com efeito, as chamadas iniciais declaravam que seria uma “versão especial em 70 capítulos”. Na ocasião, a novela ficou no ar de agosto a novembro, às 20h. Mas os 70 capítulos chegaram a quase 90… De agosto de 2012 a janeiro de 2013, uma nova reapresentação foi levada ao ar, desta vez às 15h15min.

Últimos vídeos do Canal no YouTube