Simony e Fofão no Balão Mágico
Simony e Fofão no Balão Mágico (Memória Globo)

No dia 07 de março de 1983, estreava nas manhãs da Globo o clássico programa infantil Balão Mágico. Apresentado por integrantes da banda musical infantil A Turma do Balão Mágico, o programa se tornou uma verdadeira mania entre as crianças dos anos 1980, lançando ao estrelato o “alienígena” Fofão, criado pelo saudoso Orival Pessini.

O programa Balão Mágico era formado, principalmente, por esquetes bem-humorados protagonizados por Simony e Fofão, com as participações de Cascatinha (Castrinho) e os demais integrantes do conjunto musical. Além das historinhas, a turma do Balão apresentava musicais, realizava sorteios, ensinava trabalhos manuais e chamava muitos desenhos animados. Entre eles, Pernalonga, Os Flintstones, Smurfs, Popeye, Bam-Bam e Pedrita, Zé Colméia, He-Man, Mulher Aranha, Flash Gordon, Superamigos e O Homem Pássaro.

A Turma do Balão Mágico surgiu como um conjunto musical no ano de 1982, e começou quando a gravadora CBS convidou Mike, Tob e Simony para formar um grupo. Com o sucesso do disco, a Globo convidou Simony para estrelar o programa Balão Mágico nas manhãs da emissora. Inicialmente, a atração era comandada apenas por Simony e Fofão, a adorável criação de Orival Pessini. A princípio, o alienígena vindo da Fofolândia não falava, e apenas Simony o compreendia. Mais adiante, Fofão passou a falar, tecendo muitas conversas com a garota.


Quando Simony não podia brincar com seu amigo Fofão, ele recorria ao Fofinho, um boneco de pano confeccionado por ele e interpretado por Tob. Mike também participava do programa e, ainda em seu primeiro ano, a turminha ganhou a companhia de Cascatinha, personagem vivido por Castrinho no humorístico Chico City.

Em 1985, novos personagens apareceram no Balão Mágico. Um deles era o Halleyfante, ou simplesmente Fante, um robô que brincava com a turminha e ganhou este nome em homenagem ao cometa Halley. O ator Ferrugem era quem dava vida ao personagem. Além dele, o cantor Jair Oliveira, o Jairzinho, também entrou para o programa.

Balão Mágico revelou Simony, que seguiu como cantora e apresentadora de TV mesmo após o fim do programa, em 1986. Ela chegou a formar uma dupla com Jairzinho, com quem emplacou o hit “Coração de Papelão”; e também comandou os programas Nave da Fantasia, na extinta Manchete, e Dó Ré Mi Fá Sol Lá Simony e Show da Simony, no SBT. Mais tarde, seguiu como cantora, mas hoje é mais vista participando de programas de TV, como o Power Couple, da Record.

Já Vimerson Cavanilas, o Tob, saiu do grupo em 1985 e foi substituído por Ricardinho. Segundo o site Memória Globo, depois do Balão, Tob gravou um disco solo, treinou futebol no Palmeiras, foi produtor da Bandeirantes e, depois, tornou-se ator de teatro. Enquanto isso, Michael Biggs, o Mike, é filho do inglês Ronald Biggs, que ficou famoso após ter assaltado um trem pagador na Inglaterra. Ele viveu refugiado no Rio de Janeiro por cerca de 30 anos. E Jairzinho, após o fim da dupla com Simony, foi estudar música nos EUA. O cantor, que é filho do saudoso Jair Rodrigues e irmão da cantora Luciana Mello, segue na carreira artística até hoje, com o nome Jair Oliveira.

Com supervisão de Nilton Travesso e direção de Rose Nogueira e Edi Newton, Balão Mágico ficou no ar até junho de 1986. Em seus últimos meses de exibição, Balão Mágico foi apresentado apenas por Cascatinha e Jairzinho, com texto de Wilson Rocha. A atração saiu do ar no dia 28 de junho de 1986, para dar espaço ao Xou da Xuxa.

Leia também:

Há nove anos, estreava o reality show 10 Anos Mais Jovem

Reveja trecho do programa Balão Mágico:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui