Há nove anos, SBT copiava o Hoje em Dia e lançava Olha Você

Alexandre Bacci, Claudete Troiano, Ellen Jabour e Francesco Tarallo no Olha Você
Alexandre Bacci, Claudete Troiano, Ellen Jabour e Francesco Tarallo no Olha Você (divulgação)

No dia 01 de setembro de 2008, às 17 horas, o SBT lançava sua nova aposta, a revista eletrônica Olha Você. Criada à imagem e semelhança do Hoje em Dia, da Record, a atração era apresentada por Claudete Troiano, Alexandre Bacci, Ellen Jabour e Francesco Tarallo.

O programa surgiu da ideia de Silvio Santos de ter um produto “inspirado” no Hoje em Dia, que na época fazia muito sucesso nas manhãs da Record e várias emissoras tentaram fazer suas próprias versões. Para alcançar tal objetivo, o SBT passou a assediar vários profissionais da equipe do matinal da Record, conseguindo contratar o assistente de direção Ocimar de Castro e alguns produtores. Ocimar, assim, tornava-se o diretor do novo projeto, que recebeu o nome de Olha Você.

A espinha dorsal era a mesma: uma revista no qual seus apresentadores eram responsáveis, cada um, por um segmento diferente. Enquanto no Hoje Em Dia havia Britto Jr e Chris Flores comandando o noticiário (geral e de celebridades, respectivamente), Ana Hickmann com moda e beleza, e Edu Guedes com a culinária, a nova atração do SBT traria Claudete Troiano e Alexandre Bacci com as notícias, Ellen Jabour com moda e beleza, e Francesco Tarallo com a culinária. Na estreia, ao vivo, os quatro se mostraram extremamente nervosos e sem a mesma química do quarteto da Record.


Claudete Troiano, a mais experiente do quarteto, acabou tomando a frente da ancoragem da atração, enquanto Alexandre Bacci apresentava o quadro de notícias, dividindo a tela com a jornalista Roberta Peporine, direto da redação. Ellen comandava o quadro da moda, enquanto Francesco ficou “sobrando”. Isso porque a cozinha do cenário não estava pronta na estreia, e o chef de cozinha acabou ficando sem função. E, inexperiente, Tarallo se embaralhava todo ao chamar VT’s e não participava muito da atração.

O descompasso da equipe não passou em branco aos olhos do espectador, e o Olha Você enfrentou momentos difíceis, pois o Ibope não reagia e notícias de que seria cancelado não paravam de surgir. Tentando buscar um melhor aproveitamento de sua equipe, Olha Você passaria por suas primeiras mudanças dois meses após a estreia. No dia 15 de dezembro de 2008, Roberta Peporine deixaria de aparecer direto da redação do SBT e passaria a ancorar a atração ao lado de Alexandre Bacci, os dois numa bancada. Com a dupla, a ideia era reforçar o noticiário geral da atração, com links ao vivo e prestação de serviço, e o programa ganhou até uma barra de notícias constantes na parte inferior da tela.

À Claudete caberia quadros de entrevistas e assuntos gerais, enquanto Ellen seguia comandando moda e também um quadro de notícias de celebridades. Já Francesco Tarallo deixava o estúdio, tornando-se um repórter especializado em gastronomia. Assim, o Olha Você ficava um tanto diferente do “inspirador” Hoje em Dia, mas ficava bem parecido com outro programa da Record, o Tudo a Ver com Paulo Henrique Amorim.

As mudanças não surtiram muito efeito, e Olha Você seguia em baixa. Começaram, então, as trocas no cast. Francesco Tarallo foi o primeiro a “desaparecer” do programa, e Claudete Troiano e Alexandre Bacci se despediram do público pouco tempo depois. Ao mesmo tempo, chegaram nomes como Nathália Arcuri, Eloy Nunes e Guilherme Arruda, enquanto Ellen Jabour e Roberta Peporine permaneciam. Entretanto, a atração continuava com resultados aquém das expectativas, passando por nova reformulação em seu formato.

A última tentativa de mudança de formato foi posta em prática no dia 23 de março de 2009. Neste dia, o Casos de Família saía do ar temporariamente, já que Regina Volpato deixou o SBT e a emissora fazia testes para definir sua substituta. Assim, Olha Você acabou ganhando uma hora a mais, e renovava sua apresentação. A jornalista Izabella Camargo chegava à equipe, e passava a ser a âncora, ao lado de Roberta Peporine. Guilherme Arruda e Eloy Nunes apareciam como coapresentadores: o primeiro comandava um quadro de notícias rápidas, enquanto o segundo apresentava a previsão do tempo. À Ellen Jabour cabia um segmento de variedades.

Nesta fase, Olha Você assumiu de vez o formato do Tudo a Ver da Record, tornando-se uma revista cujas notícias e prestação de serviço ocupavam a maior parte do tempo. O programa explorava pautas como emprego, saúde, cotidiano, cultura e lazer. No entanto, esta última fase durou apenas uma única semana, pois o Ibope caiu ainda mais, chegando a registrar mísero 1 ponto de audiência. Na verdade, houve uma falha de percepção do SBT, tendo em vista que a prestação de serviço mostrada no programa não tinha nada a ver com o público da tarde. O ideal seria ter encaixado o Olha Você no começo da manhã, pois atingiria um público que estaria de saída para o trabalho, já que o programa, em si, não era ruim.

E assim, já na segunda-feira seguinte, 30 de março, o SBT substituiria o Olha Você por reprises do Nada Além da Verdade e do humorístico Ô… Coitado!, que ficariam no ar até maio do mesmo ano. Semanas depois, a faixa vespertina voltava a ser ocupada pelo Casos de Família, com Christina Rocha, às 16h30, e pelo retorno do Programa do Ratinho, que reestreava na faixa das 17h30 após um hiato de mais de dois anos.

Leia também:

Deus nos Acuda estreava há 25 anos

Reveja a estreia do Olha Você: