Cantora do hit Chorando Se Foi, Loalwa Braz foi achada morta em carro incendiado
Loalwa Braz foi achada morta em carro incendiado (Reprodução/TV Globo)

O delegado Leonardo Macharet, da 124ª Delegacia de Polícia (em Saquarema, no Rio), que cuida do “caso Kaoma” (sobre a morte de Loalwa Braz), deu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (19) e informou que a cantora foi queimada viva pelos criminosos.

“Eles entraram na pousada, bateram nela com um pedaço de madeira, que já foi localizado. Apreendemos uma faca, que já foi localizada, e a camisa de um dos elementos com sangue. Ela estava gritando muito, eles resolveram levá-la para o carro. Um deles iria sair com ela do local, mas parece que o carro morreu e eles atearam fogo nela. Ela estava viva no momento em que a queimaram. Foi queimada viva. Essa foi a parte mais cruel”, afirmou o delegado.

Dois suspeitos foram presos até agora. Um deles confessou o crime e será indiciado por latrocínio. Conforme publicação do site EGO, eles seguirão ainda nesta sexta para o Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro.


O delegado também afirmou: “Os presos não demonstram arrependimento e ainda brincaram com a música sucesso dela (Chorando Se Foi). Demonstraram total certeza do que faziam e nenhum arrependimento. É um crime bárbaro, bastante violento, e foge até da normalidade de Saquarema. Vamos trabalhar para prender o terceiro elemento ainda. Não temos o nome, apenas a descrição”.