Jéssica Ellen fala sobre personagem em Justiça: ”Foi vítima de preconceito”


Destaque às quintas na minissérie Justiça, Jéssica Ellen vive a jovem Rose, uma moça que foi presa de forma bem contraditória. Embora estivesse portando drogas, o fato de ser negra pesou para a detenção, opina a atriz, que completa dizendo que não perdoaria a melhor amiga.

“Eu nunca mais falaria nem com a Débora (Luísa Arraes) e nem com o Celso (Vladimir Brichta). Eles viram tudo, viram que ela estava sendo vítima de preconceito, viram que ela seria presa e todo aquele sofrimento e não fizeram nada. Entendo que a Rose está querendo refazer sua vida e acho ela uma alma muito abençoada por perdoar, mas eu não faria isso. Eu não perdoaria a amiga como a Rose fez”, disse em entrevista ao EGO.

“Quem se mistura com porcos, farelo come. Então acho a Rose praticamente um ser de luz por perdoar todo mundo. Eu nunca mais veria essas pessoas”, completou.


Em alta na carreira e fazendo muito sucesso, Jéssica revela que está surpresa com a tamanha repercussão de Rose.

“Quando eu fiz as cenas não tinha ideia como realmente elas estavam. Obedeci o diretor e fui, então quando a série foi lançada no Globoplay eu já corri para assistir. Chorei muito, choro com todas as histórias, é tudo muito impactante. E estou numa ansiedade imensa de assistir à continuação da Rose hoje. Eu gosto de acompanhar a série na TV e comentar no Twitter ao mesmo tempo, é um olho na série e outro no celular. Estou muito feliz com a repercussão, muito mesmo”, contou.