Maitê Proença
Maitê Proença (Divulgação)

Maitê Proença, que neste ano se envolveu em uma polêmica após uma dublê dizer que era dela o bumbum que apareceu em Liberdade, Liberdade, e não o da atriz, falou que está numa fase em que liga pouco para críticas.

“Cada vez mais eu ligo menos para o que pensam. Aos 90 serei uma velhinha que ninguém vai levar a sério. Caminho a passos largos para o desmonte da minha persona. Uma espécie de suicídio de longo prazo. Será?!”, disparou ela em entrevista à revista Poder.

Ela também falou de sua participação no ExtraOrdinários, do SporTV: “Enquanto assistimos a alguns replays de jogadas, muitas vezes percebo que não estou olhando para a bola, mas, sim, prestando atenção na postura ou no comportamento dos jogadores. Fico pensando: ‘Por que será que os rapazes cospem tanto quando estão em campo?’”.


Jornalista conta polêmica envolvendo Adriane Galisteu e Sonia Abrão se esconde embaixo da mesa

Maitê listou seus favoritos nos jogos olímpicos. “Virei fã do baiano da canoagem, o Isaquias (Queiroz), de longe o mais simpático. Em segundo lugar, gostei do Thiago (Braz da Silva), do salto com vara. Amei quando ele ganhou do francês chorão (Renaud Lavillenie)”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui