Tássia Camargo dispara sobre Record: “Não piso mais”

Tássia Camargo
Tássia Camargo

A atriz Tássia Camargo, que se envolveu uma grande polêmica ao pedir alimentos para a presidente afastada Dilma Rousseff, fez críticas a TV Record. Atualmente, Tássia se dedica ao teatro e a peça As Cadeiras, dirigida por Ney Latorraca.

“Na Record eu não piso mais”, disse Tássia Camargo em entrevista à colunista Heloísa Tolipan, do portal IG, sobre a sua passagem pela emissora do bispo Edir Macedo. Em 2006, a atriz foi contratada pela Record para fazer parte do elenco de Vidas Opostas. Os bastidores, segundo os noticiários da época, eram conturbados e Camargo chegava a ser agressiva, até com a renomada atriz Jussara Freire. Por mau comportamento, a atriz foi demitida.

Ainda à publicação, Tássia Camargo revela o desejo de retornar à televisão, mas que ainda não surgiu oportunidades, segundo ela, interessantes. “Eu pedi demissão em 2006 da Rede Globo, mas eu nunca deixei de fazer teatro. Se uma pessoa bacana me convidar para fazer televisão eu voltaria, mas não surgiu nada de interessante nesse tempo. Hoje me dou o direito de fazer aquilo que quero, quando quero e porque quero. Quando eu critico uma emissora por ser partidária, as pessoas não entendem. Não é porque o meu chefe é flamenguista e eu tricolor que eu tenho que ser flamenguista, sabe?”, disse.


Na Globo, Tássia Camargo foi a primeira apresentadora do Vídeo Show, além de participar da novela A Salvadora da Pátria e da versão original da Escolinha do Professor Raimundo.