Jornalista que acusou Biel de assédio quebra o silêncio e faz nova acusação: “Eu cheguei chorando”

Jornalista resolveu mostrar o rosto
Jornalista resolveu mostrar o rosto

O caso envolvendo Biel e a jornalista Giulia Pereira, de 21 anos, que o acusou de assédio sexual ganhará mais um capítulo nesta noite. O Programa do Gugu, exibido pela Record, mostrará uma entrevista reveladora com a profissional.

Em dos relatos, a jornalista que foi demitida do portal IG dias depois da polêmica, contou que a ficha caiu só depois da entrevista.

“Eu desci muito nervosa, eu estava muito nervosa. Comecei a tremer, porque na hora você vai deixando passar e tenta ignorar um pouco disso para continuar com o seu trabalho. Mas quando você sai, é que cai a ficha. E você começa a perceber os absurdos. E eu peguei um táxi e fui pra casa de uma amiga, que é perto de onde foi a entrevista. Como já estava tarde, eu fui pra lá direto. Eu cheguei lá já chorando.”, conta a jornalista, em relato divulgado no site do Programa do Gugu.


Giulia conta ainda que sua postura não dá liberdade para o cantor a assediá-la. “Eu ser simpática não dá abertura para ele nem para ninguém de fazer os comentários que ele fez. De me oferecer beijo, de perguntar se eu queria que ele mostrasse a heterossexualidade dele, de me chamar de gostosa. Não existe isso. Nem em entrevista e nem em lugar nenhum”, conta.

Cabe lembrar que Biel, logo após toda polêmica, pediu desculpas ao público e a própria jornalista. No entanto, especula-se que a imagem do cantor ficou manchada e o fez perder contratos milionários, inclusive participação em programas de TV.