Ana Hickmann desabafa ao vivo em programa; MP faz novas declarações

Ana Hickmann desabafa ao vivo no Hoje em Dia
Ana Hickmann desabafa ao vivo no Hoje em Dia

A novela envolvendo a família de Ana Hickmann ganha mais um capítulo. A apresentadora aproveitou o espaço no Hoje em Dia para mostrar, mais uma vez, a sua indignação no processo movido contra o cunhado Gustavo Corrêa, acusado pelo Ministério Público por homicídio doloso, pela morte do fã Rodrigo Augusto de Pádua, que invadiu o quarto da artista em maio com a intenção de mata-la.

“Indignada sim! Como eu disse na minha entrevista, eu continuo acreditando na Justiça. A Justiça vai ser feita! O meu cunhado salvou a minha vida, a vida da minha cunhada e a dele próprio. E eu tenho certeza que a juíza verá isso também”, disse a apresentadora ao vivo durante o programa.

O Ministério Público, representado pelo promotor Marino Costa, comenta que “não há provas cabais para legítima defesa”. “Nesse caso, há provas apenas das situações anteriores ao momento dos disparos que resultaram na morte da vítima, que inicialmente era o agressor. Há comprovação da ida de Rodrigo ao hotel, depoimento de testemunhas sobre a dinâmica, comprovação de que houve intenção de matar, filmagensdo acusado no hotel, entre outras provas. Mas, no momento dos tiros, restaram apenas os dois no quarto. A perícia comprova a existência de três tiros. Não há uma prova cabal de que o autor dos disparos tenha agido em legítima defesa”, afirma.


O promotor criticou ainda a postura do delegado responsável pelo caso, Flávio Grossi. “O delegado cometeu um desvio funcional ao sugerir o arquivamento. Não é o papel dele. Ele só pode apurar e narrar fatos, relatá-los. Não pode sugerir denúncia nem arquivamento”, comentou.

Gustavo Corrêa foi enquadrado no Artigo 121 do Código Penal, que prevê reclusão de seis a 30 anos de prisão por homicídio.