Supla diz que era criticado por sua mãe falar de sexo na TV

Marta Suplicy TV Mulher

A partir de 31 de maio, o Viva coloca no ar uma nova versão do TV Mulher, atração feminina que é um dos marcos da história da Globo nos anos 1980.

Filho de Marta Suplicy, que falava de sexo na atração, Supla revelou ao UOL que teve sua atenção chamada na escola. “Certa vez, no colégio em que eu estudava, um padre veio falar bobagem para mim. Eu mandei ele se recatar e ir para o lugar dele. Ele veio falar, ‘sua mãe está falando besteira na televisão, de sexo’. Eu falei, ‘não concordo, ela está falando coisas que são importantes, como ensinar a colocar camisinha’. Um padre falar isso na sala, e na frente de todo mundo… eu levantei e falei uma boa pra ele”, comentou.

Ex-jogador Tulio Maravilha diz que grava vídeos íntimos com a esposa


Ele contou que deixou o colégio e defendeu a mãe: “Era algo muito sério, não tinha nada a ver com sacanagem. Sacanagem é filme pornô. Ela fazia educação sexual, [falava sobre] doença como gonorreia, sífilis ou mesmo a proteção para se usar camisinha. Parece uma cosia simples, mas não era. E [falava] de prevenção, senão fica tendo filho igual coelho”.

Supla não se recorda de brincadeiras dos amigos sobre o trabalho da mãe, diferente de seu irmão, João Suplicy. “Às vezes me perturbavam um pouco na escola sepre tinha um pouco essa brincadeirinha. Aquela zoação de escola. Eu não achava legal aquilo e depois que passei a admirar bastante o trabalho que ela [Marta Suplicy] tinha feito. Uma vez até tive um atrito com um menino que ficou tirando sarro. Ele veio cantar aquela música da Rita Lee, que abria o programa, só para me provocar. Lembro que fiquei bravo e teve até um atrito físico”, mencionou.

Guia SexoTabu em diversas culturas, o sexo sempre dá o que falar. O Guia Politicamente Incorreto do Sexo traz de maneira clara e objetiva muitas das questões veladas sobre o assunto e desmistifica esse tão prazeroso hábito. CLIQUE AQUI e confira!