Christine Fernandes contrai H1N1: “É punk”

Christine Fernandes contrai H1N1:
Christine Fernandes (Divulgação)

Christine Fernandes é mais uma famosa no time dos que também contraíram a gripe H1N1, cujo vírus está mais forte e voltou a matar muita gente em 2016.

“Passando muito mal e com falta de ar fui numa emergência no dia 1º de abril e pedi (sim você tem que pedir! E muitas vezes pagar, pois grande parte dos planos não cobre!!) um teste. Uma semana depois, ou seja, hoje, recebi o resultado: detectado. Por precaução e cuidados com os meus, usei máscara e protegi minha família e amigos do contágio. Hoje ainda com sintomas retornei ao hospital e de posse do resultado positivo peguei a receita do Tamiflu. Outra saga. Ele está já em falta nas farmácias, só consegui num SER de um Hospital Público”, escreveu ela nas redes sociais.

Namorado de Xuxa critica Record por adiar novela


A atriz disse estar preocupada com a Olimpíada e pediu que todos se vacinem o mais rápido possível: “E me recuperarei bem, tenho certeza. Mas preciso contar pra vocês que a gripe é punk mesmo, e o remédio me causou muito enjoo. Não desejo a ninguém! O que mais me espanta, no entanto, é que algo tão contagioso possa se dar ao luxo de ter resultado só em sete dias! O resultado deveria ser mais rápido. Além disso, se a pessoa não sabe que tem nem calcula que possa estar transmitindo. Um absurdo. Outra dificuldade é a medicação, pois a epidemia nem chegou e já está em falta nas farmácias. Temo muito que passemos sufoco pois o exame não é feito em todos os casos suspeitos, há demora na confirmação do resultado positivo e o remédio, por ora tem, mas não duvido que com a maior demanda não caia venha a faltar. Nesse período, me mantive consciente, isolada e devidamente mascarada. Posso dizer com tranquilidade que não transmiti a ninguém. Mas isso será fato raro, se a atenção não for redobrada e o assunto não for tratado com a seriedade que merece”.