Gustavo Mendes usa rede social para apoiar Dilma e criticar o Jornal Nacional

Gustavo Mendes Dilma

Gustavo Mendes, humorista que ficou famoso por imitar a presidente Dilma Rousseff, fez um desabafo crítico sobre o atual cenário político brasileiro.

Ele usou sua página no Facebook para questionar a decisão da Justiça que impede a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil.

“Onde já se viu isso? Um juiz de primeira instância anular uma decisão da Presidência da República e o povo comemora como se fosse a derrota do governo, do Lula, da Dilma ou do PT? Espera aí! Deixem suas panelas de lado e preocupem-se com a Constituição. Está é a derrota da nossa democracia e suas regras. Estamos prestes a termos nossa República arruinada por pura politicagem e vocês bradam apenas ‘fora Lula’? Respirem e pensem, por favor”, escreveu.


Gustavo Mendes aproveitou o espaço ainda para criticar a postura da mídia. “Estamos todos acovardados pela opinião pública, pois querem dividir o Brasil em dois grupos, petralhas e coxinhas, e é mentira! Não sou petralha, muito menos coxinha, sou brasileiro e apenas quero minha constituição, minha República respeitada, antes que o Brasil desabe. Que se investigue, julgue, prenda, quem for, mas, antes de tudo, o Brasil, o nosso Brasil, não o Brasil de um ou outro. Respeitem minha pátria”, completou.

Depois dessas postagens, ele foi acusado de estar em apoio ao governo Dilma, Lula e o PT, o comediante então se defendeu. “Começando a chover comentários de ‘Gustavo Mendes petista’ de gente que compartilha meus vídeos criticando o governo. Já esperava por isso. Não sou petista, só sou sóbrio e penso sem a ajuda do Jornal Nacional”, disparou.