Maria Cecília
Maria Cecília (Divulgação/ Record TV)

A cantora sertaneja Maria Cecília e seu parceiro de dança Teo, foram os primeiros eliminados da nova temporada do Dancing Brasil. Na última quarta-feira (10), a dupla recebeu apenas 28,17% dos votos válidos e deu adeus à competição. Eles ficaram na zona de risco e disputaram a preferência do público com Natália e Rafa e Zéca e Nick.

A dupla Teo e Maria se apresentou no ritmo do foxtrote ao som da canção country Man! I Feel Like A Woman, mas não agradou aos jurados. Em entrevista ao Observatório da Televisão, a cantora contou sobre a experiência e lamentou sua breve participação.

Você aparentou ser a estrela com a maior dificuldade para dançar, deste elenco. Como foram os ensaios para você?

Cada um de nós, por incrível que pareça, apresentava algum tipo de dificuldade. Em nossas conversas, falávamos disso, de como a dança é algo difícil. As pessoas não têm a noção do quão complexo e cheio de detalhes é. As minhas, claro, foram a timidez e a dificuldade em me soltar. Talvez por isso tenha ficado aparente. Os ensaios foram ótimos. Pude conhecer e aprender muito, mesmo com pouco tempo para isso.

Eu nunca tinha dançado na vida e o legal foi exatamente isso, conhecer um pouco de um mundo totalmente novo para mim. Tenho uma rotina muito complicada. Sou uma mãezinha nova, tenho um bebê em casa, que requer muitos cuidados e atenção. Exceto isso, tenho a minha rotina de shows e compromissos da dupla Maria Cecília e Rodolfo. Foram dias completamente insanos, entre tudo o que precisava fazer. Mas, a verdade é que adorei, de verdade!

Apesar de estar no palco diariamente, você nunca teve contato com coreografias?

Não, nunca. O Dancing era realmente um desafio por esse motivo: eu nunca dancei na vida.

Resultado

Você esperava ser a primeira eliminada do reality? Você ficou triste com o resultado?

Não digo que eu esperava ser a primeira. Quando você participa de um concurso, está aberto a todas as possibilidades. Se eu disser que não fiquei triste, estarei mentindo… Não pelo falto de ser a primeira eliminada, mas por ser uma pessoa muito determinada, por me cobrar muito, por querer dar o meu melhor em tudo o que faço. E confesso, dei!

Se houvesse uma repescagem no Dancing Brasil entre os nomes que já partiram, você aceitaria o convite?

Claro! Foi uma experiência única e, com certeza, inesquecível. Agradeço muito ao Teo, meu professor. Agradeço aos jurados. A gente cresce nas dificuldades e é assim que tem que ser. Saí do Dancing ainda melhor.

Você torce para alguma dupla em especial agora?

Ah, como escolher alguém? Parece que já nos conhecíamos há tempos. Formamos uma grande família e tenho profundo carinho e respeito por cada um. Seja quem for o ganhador, ficarei feliz! Todos, sem exceção, são merecedores. Não é quem dança melhor, é quem vence a si mesmo e as próprias dificuldades.

Últimos vídeos do Canal no YouTube