Gretchen
Gretchen (Reprodução/ Instagram)

Nos anos 2000 a produtora Brasileirinhas causou ao produzir filmes eróticos com celebridades. Foram mais de vinte produções que contaram com um elenco de peso: Alexandre Frota, Gretchen, Tammy Miranda, Rita Cadilac, Leila Lopes, Mateus Carrieri entre outros. Mas, por conta da produção e cachês, essas películas custaram uma verdeira fortuna.

Em entrevista ao Observatório da Televisão, Fábio Moraes, gerente de programação dos canais por assinatura do Grupo Bandeirantes de Comunicação, revelou os valores estimados das películas que são exibidas no SexPrivé, que neste ano completa dez anos.

Estão programados, Vivi Fernandez para o domingo, 16/06, 0h50, com Vivi.com.anal, já Matheus Carrieri com O Sedutor na segunda, 17/06, 20h25. Enquanto A Primeira Vez de Rita Cadillac será exibido dia 20/06, 23h. Maior estrela pornô do Brasil, deputado federal (PSL-SP) Alexandre Frota estrela A Bela e o Prisioneiro dia 27/06, 23h.

Confira!

Quanto custava em média filmes nacionais com as celebridades?

Filmes da Brasileirinhas, naquela época, com celebridades custava uns R$200 mil, R$300 mil. Compramos com exclusividade. A gente nunca produziu. Hoje dá pra fazer com 30 mil ou menos.

O filme da Leila Lopes tinha mesmo uma inspiração na obra de Nelson Rodrigues?

Tinha. Queremos fazer coisas diferentes, vamos lançar 30 filmes em 2020.

Canadá é um dos países que mais produzem filmes eróticos, há até incentivos fiscais. Quanto custa a compra e a produção?

Estrangeiros são muito caros. Neste momento não estamos comprando nada de fora. Hoje nossas produções são 100% brasileiras. Temos contatos com as produtoras.

Últimos vídeos do Canal no YouTube