Nizo Neto integra o time da quarta temporada (Antonio Chahestian/Record TV)
Nizo Neto integra o time da quarta temporada (Antonio Chahestian/Record TV)

Depois de atuar por mais de uma década na Rede Globo, Nizo Neto decidiu investir em outras áreas profissionais.

Além de lançar uma linha de produtos eróticos com sua esposa Tati Presser, o ator vem se destacando em reality shows na Rede Record.

Nizo já particiou do reality “Power Couple Brasil” e acaba de ser eliminado na quinta rodada de disputas do “Dancing Brasil“, reality musical com apresentação de Xuxa Meneghel.

Nizo e sua bailarina enfrentaram na zona de risco o humorista Oscar Filho e o jogador de futebol aposentado, Amaral.

Nizo obteve 20,10% dos votos e deixou o programa e perdeu a chance de levar 500 mil reais e sua bailaria um carro 0KM para casa.

Em entrevista, o ator e comediante revela que o momento mais emocionante nesta competição foi dançar para homenagear seu falecido filho, Rian.

Leia: Audiência da TV (24/10): Atrás do SBT, Dancing Brasil bate recorde

Nizo fala do Dancing Brasil

– Nizo, foi noticiado que durante os ensaios para a sua segunda apresentação no “Dancing Brasil”, o seu ombro sofreu um trincamento.

O que aconteceu? Isso te prejudicou?

Realmente, durante o segundo ensaio, eu tive na verdade uma fratura do ombro.

E a produção do Dancing Brasil nos dá toda a assistência, o ortopedista me liberou com algumas restrições.

E foi me dada a opção pela direção de desistir ou ficar 1 semana fora do jogo.

Mas como o médico havia me liberado, eu resolvi continuar.

Nós adaptamos a coreografia e conseguimos.

Não diria que me prejudicou, mas me limitou.

Por exemplo, seria impossível fazer alguns passos aéreos mas deu pra continuar!

Leia: No Dancing Brasil, Xuxa reclama das críticas e exigências dos jurados

Emoção

-Ainda sobre a sua segunda apresentação no “Dancing Brasil”, mesmo machucado você continuou e além da dor, resolveu agregar também a emoção não é mesmo?

De quem surgiu a ideia de homenagear seu falecido filho Rian, morto em 2016?

A ideia foi minha de fazer a homenagem ao Rian, pois durante esta semana de competição tínhamos o tema “O que mudou sua vida para sempre”.

Todos os meus filhos mudaram a minha vida, mas eu aproveitei para falar sobre o meu primeiro filho e quis homenageá-lo.

E eu tive sim, uma certa mistura de dores – a física e a emocional, mas a coreografia ficou muito bonita.

Eu achei a coreografia contemporânea, ficou dramática, emocionante… foi muito gratificante para mim.

Acabou sendo um grande presente que o “Dancing Brasil” me deu.

Poder viver o luto do meu filho através de uma forma tão lúdica e bonita com a dança.

A dança é muito forte, nela superação é diária. Foi muito bacana essa experiência para mim.

Prejudicado?

– Você acredita que se não fosse pela lesão no ombro, as suas chances na competição poderiam ser maiores?

Olha, de certa forma, eu acredito que sim.

Até porque eu quis me preservar… vai que eu levasse um tombo, ou que eu fizesse um movimento mais rápido e agravasse na fratura do ombro.

O que eu tenho certeza é de que o meu desempenho teria sido muito melhor sem o fato do ombro.

– Chega de reality show, ou se pintar outro convite você aceitaria?

Depende do reality show, não é porque eu já fiz dois que negaria fazer outro.

Eu sou um cara aberto a novos desafios, e as duas experiências que eu já tive foram muito engrandecedoras para mim, pessoalmente.

Se aparecesse um projeto legal e eu me identificasse, por quê não? Eu acho que eu faria!

Por exemplo, um reality como o Dancing, é uma disputa de talento, de méritos, algo mais desafiador artisticamente.

O Dancing tem uma conotação muito forte.

O “Power Couple Brasil” eu fiz com a Tati e um deu forças ao outro. Para eu me interessar em outro reality de confinamento, a proposta teria de ser bem convincente!

Torcida

– Para quem vai a sua torcida para levar os 500 mil reais no Dancing Brasil 4?

Eu agora torço para o Allan e a Carol, apesar de todos serem muito queridos e a galera toda ser legal.

O Allan, por exemplo, ele não tem nenhuma experiência com dança, além do fato de ser incrível como ator e pessoa também.

Eu estou torcendo por eles!

Últimos vídeos do Canal no YouTube