Maurício Destri
Maurício Destri

Maurício Destri foi um dos destaques de “Orgulho e Paixão” – trama das 18h escrita por Marcos Bernstein, que termina nesta segunda (24) e dará lugar a “Espelho da Vida”, de Elizabeth Jhin.

Leia: Maurício Destri comenta cenas de lutas em Orgulho e Paixão: “Tomei anti-inflamatório por sete dias”

Na pele de Camilo, o ator protagonizou cenas emocionantes com Gabriela Duarte, que interpreta a fazendeira Julieta, sua mãe.

A sequência em que a Rainha do Café confessa que o filho é fruto de um estupro emocionou o público e foi eleita uma das mais marcantes por Maurício.

Camilo (Mauricio Destri) e Julieta (Gabriela Duarte) de Orgulho e Paixao
Camilo (Maurício Destri) e Julieta (Gabriela Duarte) de Orgulho e Paixão (Divulgação/Reprodução/TV Globo)

Leia: Maurício Destri mostra toda a sua evolução em Orgulho e Paixão

O ator elogiou a parceira de cena: “Gabriela é de uma sutileza e generosidade impressionante”.

O casal Camilo e Jane (Pâmela Tomé) também fez sucesso. Após terem sido enganados com um casamento falso, eles oficializaram a união de verdade com um juiz de paz e, nos últimos capítulos da novela, tiveram uma cerimônia religiosa.

A pureza característica do relacionamento deles ao longo da trama, no entanto, é algo que Maurício não acredita que exista no mundo real: “Estamos vivendo numa geração líquida onde os relacionamentos são descartados facilmente”.

Confira a entrevista com Maurício Destri na íntegra:

Maurício, agora que Orgulho e Paixão está chegando ao fim, que balanço você faz da novela? Como está o coração nessa reta final?

Foi uma aventura linda, com uma equipe, direção e elenco unidos, de mãos dadas, todos na mesma jangada. Marcos Berstein com sua genialidade escreveu um romance gostoso de se ver e ouvir e nós, atores, embarcamos nessa contação de história. Vai deixar saudades e belas lembranças.

Gabriela Duarte falou que você é um cara muito de verdade, intenso, que trabalha por amor e não por interesses. O que você tem a dizer sobre esses meses todos que dividiu uma história com ela?

Gabriela é de uma sutileza e generosidade impressionantes. Trabalhando no afeto e amor é simples: olho no olho, ‘confio em você’ e gravando. Fomos muito felizes nesses dez meses juntos.

Que cenas você pode destacar que foram mais marcantes para você e por quê?

Duas cenas: uma logo no início em que Camilo confessa a Darcy (Thiago Lacerda) a besteira que falou na festa quando ia pedir Jane em noivado; outra é a sequência do confessionário com Julieta (Gabriela Duarte). Foram cenas potentes de lugares novos de descoberta e troca com meus parceiros de cena.

Parceria

E a parceria com Pâmela Tomé, o que você tem a dizer sobre? Você acredita que exista ainda um amor tão puro como o desse casal?

Pâmela é uma grande atriz, que tem um futuro bonito pela frente. Não, eu não acredito mais. Estamos vivendo numa geração líquida onde os relacionamentos são descartados facilmente.

Ouvi as pessoas falarem muito bem da sua atuação. Você acha que esse trabalho foi um marco na sua carreira?

Foi desafiador pela época, costumes, vivência do tempo, trazer a contemporaneidade e o frescor dentro disso, dar vida a um personagem com tantas intenções. Fui feliz, me sinto realizado.

Sente que amadureceu com o Camilo? O que você aprendeu com o personagem o que doou de si para ele?

Eu tenho uma relação de parceria com meus personagens, é uma troca. Eu aprendo com ele e ele aprende comigo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube