“O horário atrapalhou nossa obra. Belaventura é linda!”, afirma Marcela Muniz, que almeja canal de gastronomia

Marcela é um dos destaques de Belaventura (Crédito: Blad Meneghel/ Record TV_

Um dos destaques de Belaventura, trama das 19h, da Record TV, a veterana atriz Marcela Muniz tem outra profissão que segue em alta nos canais abertos e fechados. Muniz é formada em gastronomia e sonha em ter um canal falando sobre o assunto.
Marcela possuí quase quarenta anos de carreira. Estreou na TV ainda pequena em Os Imigrantes, Band, 1981, coleciona outras passagens pelo SBT, Globo, Manchete e Record. Atualmente segue à frente da C“est Potage, onde elabora pratos com alimentos práticos, frescos, saborosos e principalmente saudáveis.
Em entrevista ao Observatório da Televisão, Marcela relembra antigos papéis, fala da filha, a também atriz Thais Müller, que viveu a pequena Fátima em O Cravo e a Rosa, de Walcyr Carrasco, e também de seu atual trabalho: “Acho que o horário atrapalhou nossa obra. Sou fã do Gustavo Reiz, é meu terceiro trabalho com ele e Ivan Zettel também, me sinto em casa com essa dupla. Belaventura é uma novela linda”, analisa a atriz.
Confira: 
Você possui quase 40 anos de carreira, com passagens por quase todos os canais abertos além de ter feito teatro e cinema. Por que resolveu cursar gastronomia?
Resolvi fazer faculdade de gastronomia porque foi algo que fui me apaixonando pela artes das panelas, das receitas, do criar, dos aromas… Quando as crianças cresceram, pude realizar isso. Ainda gostaria de fazer mais uma faculdade: de psicologia! Gosto de estudar.

Você assiste aos realities de gastronomia? Se sim, torce por quem? Toparia participar de algum? O que acha dos métodos? Qual é a sua especialidade?

Gosto muito da Rita lobo, Chef’s table da Netflix, do programa do Hilbert, assisto a várias coisas de gastronomia. Adoraria poder participar. Penso em fazer um canal no Youtube.
Qual personagem mais marcou a sua vida?
Acho a Tiana, um ganho para uma atriz, personagem com uma carga emocional muito grande, uma densidade, me marcou. Meu primeiro personagem também nos Imigrantes, Band, também foi muito marcante e concorri como revelação. Diana em Sassaricando, na Globo, também me deu muito prazer. E meu primeiro trabalho de comédia que foi uma italiana: Os ricos também choram, SBT. São 19 novelas, todos os personagens, tenho um grande carinho.
Você é mãe da atriz Thais Müller. Você foi a favor ou contra o fato dela seguir seus passos e também do pai? 
Não teve jeito, Tata é uma atriz nata, de um talento incrível, não tinha como fugir. Formada em design pela PUC, está no seu sexto ano cursando figurino para teatro e tem uma marca de roupa.
Ser filha de um grande escritor também te ajudou a escolher ser atriz? Se cobra muito por conta desta relação? 
Lauro foi meu padrasto durante um tempo longo, mas não temos mais nenhuma relação, mas respeito.
Belaventura é elogiada pelo texto e direção. A trama é um dos produtos mais elogiados da Record. Como avalia a aposta da emissora em um texto não tão convencional levando em conta a faixa horária? 
Acho que o horário atrapalhou nossa obra. Sou fã do Gustavo Reiz, é meu terceiro trabalho com ele e Ivan Zettel também, me sinto em casa com essa dupla. Belaventura é uma novela linda!
Tiana é uma mulher simples que carrega uma história triste, o rapto do bebê. O que o público pode esperar da sua personagem e núcleo?
Ahhhh Tiana!!!!! Sou apaixonada por esse trabalho, minha família nessa novela foi um presente. Eu, Ray e Alexandre tivemos uma química, difícil de se ver… Tiana terá dias de felicidades,  depois de tanto sofrimento, merecidamente!!