Destaque em O Rico e Lázaro, Gabriel Felipe pede conselhos ao avô: “Ele é muito ligado à igreja”

Destaque em O Rico e Lázaro, Gabriel Felipe pediu conselhos ao avô (Divulgação)

Com apenas 16 anos e alguns sucessos na carreira, o jovem ator Gabriel Felipe, que deu vida ao pequeno Zac, um dos protagonistas de O Rico e Lázaro, da Record, fala ao Observatório da Televisão sobre o processo de construção de um de seus maiores destaques na TV.

Para quem não se lembra, o garoto também integrou um dos núcleos da novela das 21h da Globo Avenida Brasil. Gabriel era uma das crianças que moravam no lixão comandado por Mãe Lucinda, Vera Holtz, e Nilo, José de Abreu.

Confira!


Ter feito uma das crianças que moravam no lixão de Avenida Brasil certamente marcou a sua carreira. Guarda boas recordações dos bastidores da trama? Mantém contato com alguém do elenco? 

Sim, muitas recordações, tive muito contato com o Zé de Abreu, um ator incrivelmente talentoso!!! E tenho contato com as pessoas que fizeram essa fase comigo.

O que mais destaca na trama da Record?

O que mais me destacou na trama foram as brigas que Zac vivenciou: brigas com seus familiares e amigos.

Gabriel deu vida a Zac na primeira fase da novela da Record (Divulgação/Record TV)

Ficou curioso em conhecer mais sobre a bíblia e a história do seu personagem?

Cara, eu fiquei muito curioso!!! Meu avô é muito ligado à igreja, aí pedi pra ele me contar essas parábolas! Ele me contou das guerras de Nabucodonosor, de seu sonho, dos profetas!! E fiquei muito feliz em saber que meu personagem fazia parte dessa história sagrada.

Na primeira fase, Gabriel deu vida a Zac. Nos bastidores da trama, o ator brinca com Igor Rickli: 

Contou com a orientação de algum profissional para compreender mais sobre o que é o trabalho de um ator? Afinal, essa é uma profissão que requer muito estudo.

Na peça Fábrica de Chocolate eu contei com ajuda da preparadora de elenco Grazi Luz que sempre me dava novos personagens e desafios. Já fiz velho, mocinho, mulher, Tarzan. Com isso eu fui aumentado o meu “arsenal” de personagens. No teatro aprendi com ela que devemos saber um pouco sobre tudo como luz, som. Graças a ela eu fiz o teste na Record. Como o nome dela diz, Grazi Luz, ela foi uma luz na minha carreira.