“Só no fim de semana eu tomo banho”, conta Bruno Ferrari sobre aparência suja de Xavier em Liberdade, Liberdade!

Bruno Ferrari vive o Xavier em Liberdade, Liberdade!
Bruno Ferrari vive o Xavier em Liberdade, Liberdade!

Intérprete do personagem Xavier em Liberdade, Liberdade!, Bruno Ferrari, assim como outros atores da trama das 23 horas, da Globo, apresenta um visual desleixado e sujo, que faz parte da caracterização para a novela de época.

O ator revelou em entrevista que encarnou na vida pessoal a aparência do Xavier e só toma banho aos finais de semana, evitando assim que toda vez que vai gravar tenha que passar por todo o processo lento e demorado da caracteriação.

“É rápido! Porque a sujeira eu deixo durante a semana inteira. Só no fim de semana eu tomo banho. O cabelo está virando quase dread (risos). Eu já brinquei com minha mulher, se quiser limpinho, só no fim de semana (risos). É rápido! O cabelo não tem mistério. Figurino é rápido também. Meu cabelo mesmo! Quando fiquei sabendo que iria fazer a novela deixei crescer. Não estou cortando não”, revela Buno Ferrari.


Sobre as cenas quentes e sensuais de Liberdade, Liberdade!, o ator afirma que está acostumado e já fez outras novelas em que tinha que ficar sem roupa, mas garante que por conta dessa exposição, e do estilo Don Juan de Xavier, nas ruas o assédio aumentou. “As pessoas respeitam muito. Mas outro dia, eu estava na farmácia, uma menina me olhou falou: ‘menino, eu estava vendo a novela ontem, você me deixou de um jeito’. E saiu… Eu fiquei completamente sem graça. Sempre tem essas pessoas. E são engraçadas, né? Mas de uma forma respeitosa e divertida.”

O ator comenta ainda o que espera para seu personagem no final da novela, ele se casou com Branca (Nathália Dill), mas ama mesmo Joaquina (Andréia Horta), com quem Bruno Ferrari torce para que Xavier termine. “Ah, eu acho que ele irá terminar com a Joaquina. Eu gosto desses personagens. A Branca e a Joaquina são personagens legais. Acho que ele irá terminar com a Joaquina”, aposta o ator.

Confira a entrevista em que o ator ainda fala sobre a paternidade e a vida pessoal:

Você imaginava esse sucesso todo em torno de Liberdade, Liberdade!?

“Imaginar a gente nunca imagina. Mas a gente espera que sim, né? Quando eu li os primeiros capítulos da novela, eu me apaixonei muito pela trama em si. Eu senti vontade de ler um capitulo atrás do outro. No fim de cada capitulo os ganchos que entrelaça um com o outro são muito bons. E são curtos os capítulos. Então a novela me chamou muito atenção pelos capítulos. Depois assistindo, e vendo o cuidado do diretor com as cenas e tudo mais, você já sente que o trabalho é especial.”

O personagem está entre a cruz e a espada. Como está sendo isso?

“Na verdade, ele é comprometido com a Branca. E ele é um cara que honra muito os compromissos dele. Ele tem palavra. E, essa é a grande dificuldade dele com a Branca, né? De terminar o namoro, tem a coisa com o pai, muitas coisas ali fazem que ele continue com a Branca. Mas até então, ele não havia entendido o que era paixão. Ele só descobriu isso com a Joaquina. Ela é a paixão dele. Mas ele está entre a cruz e a espada. Tem essa coisa da honra dele com a Branca e a paixão pela Joaquina.”

E a torcida na rua em relação ao personagem?

“Vou falar para você que eu tenho saído muito pouco na rua. Tenho ficado bastante em casa. Eu adoro acompanhar a novela pelo Twitter. Ali você tem uma reação em tempo real das pessoas. Independente se gosta ou não de você. Se for para falar mal eles falam, se for para falar bem eles falam também. É isso. É muito legal.”

Você comentou que está ficando muito em casa. É por causa do filho?

“Sim! É por causa do filho. Troco fralda, faço tudo. Fico acordado de noite. É muito legal. É uma experiência nova na minha vida, que está me fazendo mudar muita coisa, sim.”

Depois do nascimento de seu filho, você se considera uma nova pessoa?

“Eu não sei. Acho que vou perceber daqui a pouco. Ainda não percebi essa mudança. Mas eu acho que muda sim. Muda seu olhar para a vida. Você já dirige devagar. Você começa pensar que tem alguém dependendo de você. Então, acaba mudando. E deixa você um pouco mais calmo também. Mais maduro. Mais corajoso para a vida também. Dar-lhe mais coragem para as coisas também. E você vai tirando algumas vaidades suas, sabe? Você vai passando por cima delas.”

Quais são essas vaidades?

“Vaidades com o trabalho, com pudores, questões nossas da vida mesmo. Que a gente tem. A gente vai deixando um pouco de lado. Vai passando um pouco por cima disso.”

Já teve algum fã obcecado que encheu a sua paciência?

“Já teve sim! De mandar mensagem. Eu não costumo muito entrar em rede social. Não tenho Facebook. A única coisa que eu tenho é o Instagram e o Twitter. No Instagram eu posta uma vez na vida. Não sou muito ligado nisso.”

Seu filho nasceu e você postou uma foto dele.

“A gente postou uma foto porque todo mundo estava ligando para saber. Eu falei com a minha esposa, a gente conversou e postamos. Mas tem as irmãs, não tem jeito. Adolescente adora postar foto (risos). A gente acaba deixando. Mas a gente procura preservar o máximo possível. Eu não sei se quando ele tiver 20 anos, se ele vai gostar de ver aquelas fotos dele ali. Eu vejo fotos minhas de criança, que se minha mãe tivesse postado em uma rede social para ficar na internet do resto da vida eu ia falar: ‘poxa, mãe! Por que você fez isso comigo?!’ A gente tenta tomar cuidado com as fotos. A gente não sabe se a criança vai seguir essa profissão. Eu sou ator, eu escolhi isso. Me expor e tal. Mas, ele não.”

Estou vendo as suas unhas sujas. Quanto tempo demora para você compor esse visual?

“É rápido! Porque a sujeira eu deixo durante a semana inteira. Só no fim de semana eu tomo banho. O cabelo está virando quase dread (risos). Eu já brinquei com minha mulher, se quiser limpinho, só no fim de semana (risos). É rápido! O cabelo não tem mistério. Figurino é rápido também. Meu cabelo mesmo! Quando fiquei sabendo que iria fazer a novela deixei crescer. Não estou cortando não.”

Qual o balanço que você faz desse momento de sua vida? E como você faz para conciliar tudo?

“É muita coisa! Mas tudo foi coisas que eu quis. Que eu busquei. Eu acredito muito nisso. Que eu plantei e eu estou colhendo agora. Filho foi uma coisa que a gente já estava programando. Ele veio em uma hora muito boa. Ele veio muito querido. Sabe? E a novela calhou de vir junto. É muito trabalho, é noite acordado, trocar fralda, é isso tudo. Mas é tudo muito bom. É tudo muito bom. Estou fazendo tudo com muito prazer. É tudo que eu queria também. Então eu não vejo sacrifício.”

Qual o final que você deseja para o personagem?

“Ah, eu acho que ele irá terminar com a Joaquina. Eu gosto desses personagens. A Branca e a Joaquina são personagens legais. Acho que ele irá terminar com a Joaquina.”

O personagem é um Don Juan. Você recebe cantada nas redes sociais?

“As pessoas respeitam muito. Mas outro dia, eu estava na farmácia, uma menina me olhou falou: ‘menino, eu estava vendo a novela ontem, você me deixou de um jeito’. E saiu… Eu fiquei completamente sem graça. Sempre tem essas pessoas. E são engraçadas, né? Mas de uma forma respeitosa e divertida.”

Como você encara essas cenas de mais intimidade?

“É bem tranquilo. Na Rede Record, eu já tinha feito muita cena assim. Faz parte!”

 

André RomanoENTREVISTA REALIZADA PELO JORNALISTA ANDRÉ ROMANO