Aílton Graça se inspirou em Mr. Catra para criar seu personagem em Totalmente Demais

ailton-graca totalmente demais

Aílton Graça, que está no elenco de Totalmente Demais, conversou com o Observatório da Televisão e falou um pouquinho do mulherengo Florisval. Segundo ele, o personagem foi inspirado no Mr. Catra. “Eu estou me baseando no Mr. Catra (risos). Acho que ele é a coisa mais moderna que a gente tem. Em termo de ter muitas mulheres. O personagem é a definição do ‘poliamor’”, relatou o artista.

totalmente demais aline-ailton

Confira o papo:


Fale um pouquinho do Florisval. Ele será bem divertido, né?

“Espero que ele seja bem divertido. Eu gosto de fazer todos os tipos de personagens. Gosto de ir do personagem dramático ao personagem que tem uma carga maior de humor. Eu tenho essa facilidade com o humor. Sou palhaço de circo. Eu gosto desse exercício dentro da teledramaturgia. Na novela eu tenho quatro mulheres. E, ele diz que todas são oficiais. Ele é um cara apaixonante. É um homem de famílias (risos).”

Como é a relação dele com essas mulheres?

“Isso tem que ficar bem claro. Ele se envolve com as mulheres. E, ele tem como o grande Deus, dele o Mr. Catra (risos). Ele segue os passos do Catra. Ele teve dois filhos com a personagem da Malu Galli. Ele cria relacionamentos com essas mulheres. Não é uma coisa só sexual. Ele se envolve mesmo. Algumas mulheres gostam de amantes e outras de flores. Então, Florisval vai nelas (risos). Ele é o motorista da Carolina. E, vive em Curicica. Ele é uma figura!”

Ele guarda algum segredo da Carolina?

“Eu não sei se tem algum segredo. Mas, sei que ele escuta muita conversa dentro do carro. E, isso pode render algo lá na frente. Entretanto, a Carolina é muito parceira dele. Quando ele vai preso, que vai defender ele é a Carolina. Ela é meio que um anjo da guardo no caminho dele.”

E, a relação com os filhos?

“Então, é uma relação bem engraçada. Tem uma que é apaixonado por futebol. Vai ter uma história muito interessante com ele. E, ele desconstrói algumas características do professor de educação física do menino. O professor ensina uma ética. E, ele ensina outra (risos).”

E, como foi à preparação para compor o Florisval?

“Fiz uma preparação maravilhosa durante três meses. A nossa preparação dessa vez foi encima de teatro e cinema. Tivemos uma antecedência muito grande de preparação. E, isso fez uma grande diferença. E, a cumplicidade do elenco de estar convivendo junto também ajuda demais. O elenco está convivendo junto há sessenta dias. Pra gente, essa preparação foi muito importante. E, isso possibilita um avanço artístico. A gente quer correr riscos novamente fazendo uma novela. Então, essa novela possibilita isso. Da gente ousar um pouquinho mais.”

E, você continua encenando o espetáculo ‘Intocáveis’?

“Eu estou viajando com a peça. Está sendo um pandemônio em minha cabeça também. Não vou conseguir fazer as duas coisas. Não sei como estou conseguindo ainda. Gravar e encenar espetáculo. Eu vou interromper a turnê assim que estrear a novela. Porque o nosso ritmo aqui vai ser muito intenso. Muito intenso. São quatro mulheres. Cinco contando com a patroa, a Carolina. Não dá! Tem que ter energia para segurar o rojão.”

E, suas referências para compor o personagem?

“Eu estou me baseando no Mr. Catra (risos). Acho que ele é a coisa mais moderna que a gente tem. Em termo de ter muitas mulheres. O personagem é a definição do ‘poliamor’ – mistura de poligamia e amor. Estou adorando fazer.”