Exclusivo: Silvia Abravanel fala sobre a programação infantil no SBT


A diretora do núcleo de programas infantis do SBT, Silvia Abravanel, a filha número 2 de Silvio Santos, falou em entrevista exclusiva ao Observatório da Televisão sobre a atual situação e o futuro da programação infantil na emissora.

No comando do Bom Dia & Cia e Sábado Animado, a diretora afirma que o SBT está muito satisfeito com a audiência e faturamento de ambos os programas. Mesmo que os números do Ibope revelem a queda na audiência das duas atrações, Silvia não considera que os infantis da emissora de Silvio Santos perderam público.

“Não perdemos público somente as crianças cresceram e passaram pra outra faixa etária que não a nossa. Estou satisfeita com os resultados, pois mantenho a posição mesmo com o que já está ai há muitos anos . Porém, como tudo no mundo, sempre escuto meu público e claro, procuro mudanças para estar sempre agradando”, garante Silvia.


O Bom Dia & Cia vai ao ar de segunda a sexta das 9h às 12h45 e enfrenta diretamente o Encontro com Fátima Bernardes, na Globo e o Hoje em Dia, na Record. As três emissoras disputavam acirradamente a audiência da manhã, mas nos últimos anos o programa global tem se isolado na liderança e o SBT frequentemente perde a vice-liderança para a Record.

Para se ter uma ideia, os números do Ibope revelam que em 10 anos o Bom Dia perdeu quase 50% de seu público. Em 2013 a média de audiência ficou na casa dos 4 pontos, enquanto em 2003 a atração registrava índices acima de 8 pontos.

Já o Sábado Animado, que como o próprio nome diz, é apresentado aos sábados durante toda a faixa matutina, ainda briga pela liderança, no único dia quando Globo e Record também dedicam algum espaço na grade aos desenhos. Mas de maneira geral, o programa também perdeu público, o Ibope mostra que em 2000 a atração alcançava médias acima de 7 pontos e em 2013 esses números ficaram na faixa dos 4 pontos.

Fato é que a emissora não tem perdido audiência para suas concorrentes de TV aberta, mas sim para os canais infantis da TV paga, que são hoje os líderes de público na faixa matutina e também para os DVDs e sistemas de locação on demand, como Netflix.

Mesmo com essa real constatação, Silvia não acredita no fim dos desenhos na TV aberta. “Não acredito que os desenhos estejam com os dias contados pois crianças e até adultos gostam de desenhos. O que está acontecendo com alguns desenhos é que estão sendo repaginados ou seja mais atualizados, modernizados, isso pode, no começo, chocar um pouco mas depois cai no encanto do público.”

Mas essa queda nos números, pelo visto não tem preocupado o SBT, tanto que Silvia Abravanel é enfática ao afirmar, com toda certeza, que não há a menor possibilidade de o SBT tirar do ar ou reduzir o tempo dos programas Bom Dia & Cia e Sábado Animado.

“Não há essa possibilidade, mesmo porque somos a única emissora que tem programação infantil que dá prêmios, que tem a interação dos apresentadores com crianças em casa e desenhos diversos”, orgulha-se a diretora.

Apesar da satisfação com as atrações infantis, Silvia está sempre ligada no que o público pede e gosta, por isso novidades devem ser lançadas em breve na programação infantil. Segundo Silvia, como em todos os anos, o SBT investe em novos desenhos, cenário e prêmios para entreter a garotada.

E por falar nos pequenos, o SBT, na última década, deixou de ter à frente de seus programas infantis apresentadores adultos. Na emissora por onde já passaram grandes nomes como Eliana, Angélica, Jackeline Petkovic e Mara Maravilha, entre outras, hoje só tem espaço para as crianças no comando de atrações para a garotada.

Para Silvia, esta é a melhor opção. “Criança sabe como falar com criança , é o mundo delas. Adoro trabalhar com crianças eles me dão um feedback de diversas situações de uma maneira incrível. Eles tem muito conteúdo para nós.”

E com essa estratégia, o SBT já lançou muitos talentos como Priscila e Yudi e Maisa. Atualmente a aposta da vez são os atores de Carrossel, Mateus Ueta e Ana Vitória, respectivamente Kokimoto e Marcelina, na extinta novelinha.

“Trabalhar com crianças é um mundo a parte . Divertido verdadeiro , com uma inocência saudável, feliz , más cheio de responsabilidade até de uma maneira ímpar coisa que muito adulto não tem . É gratificante trabalhar com crianças pois eles tem um respeito mútuo com nós adultos pois eles tem paciência de nos escutar e fazer com excelência o trabalho deles . Aprendi muito com esse incrível universo”, finaliza.

Confira e entrevista na íntegra:

OT – Silvia, a que você atribui a perda de público dos programas infantis, nas manhãs do SBT?
SA – Não perdemos público somente as crianças cresceram E passaram pra outra faixa etária que não a nossa .

OT – O SBT está satisfeito com os resultados dos programas infantis? Faturamento e audiência?
SA – Estou satisfeita pois mantenho a posição mesmo com o que já está ai há muitos anos. Porém, como tudo no mundo, sempre escuto meu público e claro procuro mudanças para estar sempre agradando!!

OT – Existe a possibilidade do SBT tirar o Bom Dia & Cia da grade ou reduzir seu espaço na programação? E o Sábado Animado?
SA – Não há essa possobilidade mesmo porque somos a única emissora que tem programação infantil que dá prêmios, que tem a interação dos apresentadores com crianças em casa e desenhos diversos.

OT – O SBT planeja mudanças, novos investimentos e contratações para os programas infantis? Pode adiantar alguma coisa?
SA – Ano novo ano de mudanças pra todos. Más vou deixar as surpresas pra quando elas tiverem que acontecer!! Meus segredos guardo a sete chaves.

OT – O SBT deixou de apostar em apresentadores adultos para os infantis, colocar crianças apresentando é mesmo a melhor opção?
SA – Sim criança sabe como falar com criança , é o mundo delas!! Adoro trabalhar com crianças eles me dão um feedback de diversas situações de uma maneira incrível. Eles tem muito conteúdo para nós

OT – Você acredita que na TV aberta, assim como os filmes, os desenhos estão com os dias contados?
SA – Não acredito que os desenhos estejam com os dias contados pois crianças e até adultos gostam de desenhos! O que está acontecendo com alguns desenhos é que estão sendo repaginados ou seja mais atualizados, modernizados isso pode, no começo, chocar um pouco mas depois cai no encanto do público

OT – Como é trabalhar com crianças? Conte um pouco de sua rotina como diretora de núcleo infantil.
SA – Amo trabalhar com crianças é um mundo a parte. Divertido verdadeiro, com uma inocência saudável, feliz , mas cheio de responsabilidade até de uma maneira ímpar coisa que muito adulto não tem. É gratificante trabalhar com crianças pois eles tem um respeito mútuo com nós adultos pois eles tem paciência de nos escutar e fazer com excelência o trabalho deles. Aprendi mto com esse incrível universo.