Rede TV! é passado na vida de Rita Lisauskas

Rita Lisauskas
Rita Lisauskas (Divulgação)

Rita Lisauskas ficou conhecida nacionalmente ao integrar a equipe de jornalismo da Rede TV!, em 2001, pouco tempo depois da emissora entrar no ar em 1999. E foi lá que ela também viveu o momento mais polêmico de sua carreira.

A jornalista foi demitida da Rede TV! em 2012, depois de reclamar publicamente, pelo Facebook, do atraso nos salários dos funcionários da emissora.

No canal de Amílcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, Rita foi a principal apresentadora dos telejornais da casa, tendo passado pelo Leitura Dinâmica e Rede TV News.


Na época da demissão, muito se falou sobre a coragem da profissional em criticar a falta de respeito de uma empresa com seu quadro de pessoal. A Rede TV! enfrentava uma forte crise financeira, mas nada justifica o atraso no pagamento da força de trabalho.

Quase 2 anos após sua demissão, Rita está orientada pelso seus advogados a não falar mais sobre o assunto Rede TV!. Em entrevista exclusiva, a jornalista falou sobre sua carreira e o novo desafio de trabalhar em uma TV na web.

Depois que saiu da Rede TV!, Rita teve uma rápida passagem pelo SBT, onde atuou como freelancer no SBT Repórter, de lá ela foi para a Band, onde esteve durante 1 ano e meio na reportagem e apresentação esporádica do Jornal da Band.

Por fim ela recebeu uma proposta do site Terra para ingressar na TV web do portal, onde trabalha atualmente como apresentadora. Ela assumiu a bancada do Jornal do Terra e ressalta a identificação com o meio.

“Internet é o presente e já tem sido o principal meio de informação de grande parte do público… Os internautas sempre interagiram muito comigo nas redes sociais, por isso quero dar continuidade a este contato”, afirma.

Confira a entrevista na íntegra:

NF: Quando e como surgiu a oportunidade para você atuar como jornalista na TV?
RL: Quando eu ainda estava na faculdade fui convidada para apresentarum programa na TV PUC. E meu professor de telejornalismo era diretor de jornalismo da TV Cultura, o Marco Nascimento. De tanto pedir por uma chance, ele me chamou para cobrir férias no 60 minutos, um tradicional jornal da TV Cultura nos anos 90.

NF: Quando e como você entrou na Rede TV?
RL: Entrei na Rede TV em 2001. Trabalhava na Globo de MT e, em uma visita a SP, deixei uma fita com um colega que trabalhava lá. Me chamaram para integrar a equipe de reportagem e voltei para SP.

NF: Você ficou na Rede TV por quanto tempo? Como era o trabalho na emissora?
RL: Fiquei na RedeTV por 11 anos. Primeiro como repórter, depois como apresentadora do Leitura Dinâmica e do RedeTV News.

NF: Em 2012 você foi demitida da Rede TV, o motivo foi mesmo o fato de você reclamar do atraso no pagamento do salário?
RL: Não posso falar mais desse assunto por ordem do meu advogado

NF: Depois que você saiu da Rede TV você teve uma rápida passagem pelo SBT, por que durou tão pouco?
RL: O SBT abriu as portas para mim no momento em que eu mais precisava. Eles me chamaram para ser freelancer do SBT Repórter. O programa trabalhava apenas com repórteres contratados por programa. Fui contratado para o primeiro que foi sobre Fertilidade. No mesmo dia em que eles me ligaram para me contratar para o segundo programa a Band me chamou para assinar um contrato de 2 anos. Por isso dei preferência à Band.

NF: O mesmo aconteceu na Band, por que você ficou por pouco tempo?
RL: Fiquei um ano e meio na Band. Eu conversava com o Terra desde a época da minha saída da RTV. Ele me ligaram novamente e me fizeram uma proposta ótima. Como estava apaixonada pela internet e louca para testar essa nova plataforma, aceitei.

NF: Das emissoras que você trabalhou qual te agradou mais?
RL: Amo a Band e o SBT, lugares que me trataram com muito respeito. Saí dos dois lugares pela porta da frente. Inclusive no dia da minha saída da Band, o Fernando Mitre, diretor de jornalismo, disse “que já esperava pela minha volta.” Como não gostar de um lugar desses?

NF: Você prefere ser repórter ou apresentadora?
RL: Adoro as duas funções. Adoro ser repórter porque conheço pessoas novas todos os dias. E adoro ser apresentadora porque tenho paixão por jornal ao vivo, a adrenalina de uma transmissão ao vivo me alimenta.

NF: Qual é o seu trabalho atualmente no Terra?
RL: Sou apresentadora da TV do portal.

NF: Quais são seus planos para o futuro?
RL: Pretendo testar várias coisas daqui para frente. Mas estou focada em trabalhar com internet.

NF: Pretende voltar para a TV ou acredita que a web é um lugar melhor para trabalhar?
RL: Estou numa TV. Nunca saí da TV. A diferença é que trabalho em uma TV dentro da internet. A internet é o futuro e eu quero fazer parte dele.