Logo Cordel Encantado
Logo Cordel Encantado

A Rede Globo estreou no dia 14 de janeiro a novela Cordel Encantado na sessão Vale a Pena Ver de Novo. Duca Rachid e Thelma Guedes assinaram em 2011 a história de sucesso que aliou os contos de fadas ao universo do cangaço no Nordeste brasileiro. Nesta década, no horário das 18h a produção só perde em audiência para Eta Mundo Bom! (2016), de Walcyr Carrasco.

Sua antecessora na faixa de reprises da casa foi Belíssima, de Silvio de Abreu, exibida originalmente em 2005/06. Esta manteve a liderança no horário. Mas não foi nenhum grande fenômeno de repercussão enquanto foi reapresentada. Cordel Encantado deu uma leve subida nos índices de audiência, chegando até aos 17 pontos em determinados dias.

Domingos Montagner e Cauã Reymond
Herculano (Domingos Montagner) e Jesuíno (Cauã Reymond) em Cordel Encantado (Divulgação/ TV Globo)

Veja também: Vale a Pena Ver de Novo versus Canal Viva: por que não se deve esperar o mesmo das reprises dos dois

Um balanço do ritmo da reprise de Cordel Encantado nas tardes da Globo

Nesta sexta-feira, 8 de fevereiro, a Globo leva ao ar o capítulo 19 da reprise de Cordel Encantado. Seria o vigésimo. No entanto, em virtude da cobertura jornalística da tragédia de Brumadinho (MG), em 25 de janeiro, a novela muito justamente não foi exibida. Ao final de 19 dias de exibição, o público já poderá ver cenas do capítulo 32, considerada a versão original. Na contramão do que os maldosos podem ventilar, a audiência está boa. Todavia, oscila dos bons 17 aos regulares 13 pontos, considerando a praça de São Paulo.

Além disso, não se pode desconsiderar o fato de que os capítulos originais da novela tinham menos tempo de arte do que os de histórias exibidas às 21h, por exemplo. Belíssima, Senhora do Destino (2004/05) e Celebridade (2003/04), suas antecessoras imediatas, foram ao ar na faixa nobre. Ou seja, os cortes promovidos nelas são mais flagrantes, até aqui, do que os feitos em Cordel Encantado. Sem grande dificuldade, o Vale a Pena Ver de Novo fica no ar por uma hora ou mais. Isso já vai além do que a história levava no ar em sua exibição de 2011.

Veja também: Globo amplia espaço para reprises e enfraquece programação

Quando Cordel Encantado termina se o ritmo dos capítulos seguir como está agora?

Podemos supor que Cordel Encantado tem chances de sair do ar em fins de abril, ou começo de maio. Decerto, a partir do ritmo que vemos hoje nos capítulos da reprise. No ritmo atual, a reprise se encerraria com 84 capítulos, no dia 10 de maio. E isso, claro, se a edição não for intensificada, bem como se a produção não deixar de ir ao ar em mais algum dia por qualquer eventualidade.

Não seria esta a primeira vez, a saber, que a Globo tira do ar logo uma novela no Vale a Pena Ver de Novo, sem relação expressa com a audiência. Em 21 de maio de 1990, Roda de Fogo (1986/87), de Lauro César Muniz, começou a ser reprisada. Apenas sete semanas depois, em 6 de julho, foi exibido o desfecho. A história de Renato Villar (Tarcísio Meira) foi condensada em 34 capítulos, e usada como sala de espera entre os jogos da Copa do Mundo de Futebol da Itália. Veja abaixo uma chamada desta reprise:

Últimos vídeos do Canal no YouTube