Morre Umberto Magnani

O ator Umberto Magnani Netto morreu nesta quarta-feira (27) no Rio de Janeiro. Ele estava internado em coma no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, desde segunda-feira (25), após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) seguido de parada cardíaca.

Umberto Magnani havia acabado de completar 75 anos e estava atualmente no ar interpretando o padre Romão em Velho Chico, novela das 21 horas da Globo.

Carlos Vereza substitui Umberto Magnani em Velho Chico


Nascido Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo, Umberto Magnani teve extensa trajetória no teatro, televisão e cinema. Ele iniciou sua carreira de ator em 1965, quando ingressou no curso de interpretação da Escola de Arte Dramática – EAD, em São Paulo.

Seu primeiro destaque foi em 1977 no espetáculo “O Santo Inquérito”, de Dias Gomes. Já em 1981 ele ganhou seus primeiros prêmios de destaque: o Troféu Mambembe e Prêmio Molière de melhor ator por sua atuação em Lua de Cetim, de Alcides Nogueira, com direção de Marcio Aurelio.

Umberto estreou na TV em 1973, interpretando o personagem Zé Luis na primeira versão da novela “Mulheres de Areia”, na extinta TV Tupi. Na Globo, ele participou de consagradas novelas, como “Felicidade”, “história de Amor”, “Por Amor”, “Cabocla”, “Alma Gêmea”, “Mulheres Apaixonada” e “Páginas da Vida”. Também participou de minisséries como “Presença de Anita” e do seriado “Sandy & Júnior”.

No cinema, Umberto Magnani atuou em “Quanto Vale Ou É Por Quilo?”, “Cristina Quer Casar”, “Cronicamente Inviável”, “Kuarup”, “A Hora da Estrela”, entre outros.