Em novembro, Meu Coração É Teu substitui A Que Não Podia Amar no SBT (Reprodução: Televisa S.A.)
Em novembro, Meu Coração É Teu substitui A Que Não Podia Amar no SBT (Reprodução: Televisa S.A.)

Como já era previsto desde que o Observatório da Televisão anunciou com exclusividade, o SBT divulgou a vinda de uma reprise em substituição à inédita A Que Não Podia Amar. Trata-se de Meu Coração É Teu, novela transmitida pela emissora em 2016, e produzida originalmente pela Televisa entre 2014 e 2015.

O folhetim leva assinatura do renomado Juan Osorio (Meu Pecado, Salomé, A Alma Não Tem Cor) como produtor executivo e tem Silvia Navarro e Jorge Salinas como protagonistas.

Em sua primeira exibição, Meu Coração É Teu sucedeu A Dona (recém reprisada pelo SBT), e conseguiu manter os índices da trama de Gabriela Spanic e Lucero, com registro de 9,5 pontos de média, 15% de share e 11 pontos de pico logo na estreia, superando o policialesco Cidade Alerta.

Meu Coração É Teu traz Jorge Salinas e Silvia Navarro como protagonistas (Reprodução: Televisa S.A)
Meu Coração É Teu traz Jorge Salinas e Silvia Navarro como protagonistas (Reprodução: Televisa S.A)

Partindo do pressuposto de um novo despertar de interesse por parte do público em relação às novelas mexicanas, após anos de um nítido desgaste e má valorização do produto, quando nem os nomes de Maite Perroni, Angelique Boyer, Ana Leyeska ou Victória Ruffo conseguiram atrair audiência com suas respectivas A Gata, O Que A Vida Me Roubou, Querida Inimiga e Lágrimas de Amor, qual sentido faz interromper a sequência de folhetins inéditos, conclamados à exaustão, em troca de uma reprise de história impopular e com apenas três anos de sua exibição original?

É claro que, o curto espaço de tempo para uma reexibição já não é mais um pretexto para definir um fracasso -vide as transmissões anuais do passado, com as clássicas ‘Marias’ de Thalía, A Usurpadora e correlatas, sempre garantia de bons números.

Mas, a aleatória exibição de Abismo de Paixão e a vexaminosa Milagres de Nossa Senhora não serviram como exemplo do que não fazer? Reprises são sempre bem vindas, mas quando dentro de um cenário favorável, o que não é o caso do SBT, ao menos neste momento, e neste horário.

Reprise precoce de Abismo de Paixão tem decepcionado na audiência (Divulgação: Televisa S.A.)
Reprise precoce de Abismo de Paixão tem decepcionado na audiência (Divulgação: Televisa S.A.)

A Que Não Podia Amar é a novela que reergueu a sessão Novelas da Tarde, horário este que padeceu com títulos sofríveis como Que Pobres Tão Ricos e as desnecessárias reprises de Teresa e Coração Indomável.

Curiosa a cabeça de quem entende que alternar reprise com inédita é uma estratégia funcional, tendo em vista as tantas formas de consumo alternativo para este público como o YouTube, Netflix, Facebook, Amazon Prime e a própria Televisa quando disponibiliza suas histórias na íntegra através de seus canais.

Tudo isso além da Guigo TV, fundada pelo empresário Renato Svisky. A plataforma entrou oficialmente em operação nos últimos meses se tornando sensação principalmente entre os fãs e telespectadores de novelas latinas.

O telespectador não tem mais tempo para esperar, isso é coisa do passado, e, os que ainda esperam por suas novelas inéditas, acabam boicotando-as diante de tantos cortes infundados que descaracterizam totalmente o desenrolar das tramas.

SBT adiou a exibição de Cuando Me Enamoro para reexibir Meu Coração É Teu (Divulgação: Televisa S.A.)
SBT adiou a exibição de Cuando Me Enamoro para reexibir Meu Coração É Teu (Divulgação: Televisa S.A.)

É determinante que a direção do SBT entenda melhor seu público neste horário. O mercado já não é mais o mesmo de dez anos atrás, quando as pessoas não tinham outras formas de consumir o que gostam e da maneira mais oportuna. Hoje o telespectador não volta para a TV tradicional com o propósito de conferir uma produção dramatúrgica, quando a mesma fica disponível integralmente em outras plataformas.

A gaveta do SBT conta com títulos excepcionais à disposição. Por que não usá-las? Claramente vê-se o medo da direção ao desacreditar em seus próprios produtos. A emissora optou por adiar a estreia da inédita Cuando Me Enamoro (Quando Me Apaixono), também com Silvia Navarro, justamente para ‘não gastar gatilho’ em um momento do qual a direção tem como objetivo aumentar/melhorar os números de audiência.

A Que Não Podia Amar esteve entre as novelas mexicanas mais pedidas da década no SBT (Reprodução:  Televisa S.A)
A Que Não Podia Amar esteve entre as novelas mexicanas mais pedidas da década no SBT (Reprodução: Televisa S.A)

É entendível o fato que para tudo existe um orçamento, e, em se tratando de novelas mexicanas, temos que considerar, além dos custos de aquisição, que varia de acordo com a relevância do folhetim em todos os seus aspectos, existe um valor a ser injetado na dublagem.

O SBT não pode enviar novelas para dublagem sem qualquer planejamento do que será utilizado durante o ano, mas pode oferecer novidades a este público sim, sempre que quiser, pois existe um cardápio de títulos dos mais interessantes na gaveta.

Na contramão desta estagnação do SBT e persistência em coisas que pouco atraem a atenção, vemos a TV Globo e Record TV oferecendo produções de real interesse do telespectador. De um lado temos a recém saída do ar, Por Amor e a aposta em Avenida Brasil, um dos maiores sucessos da década, novela das mais pedidas.

Na Record TV, após a surpreendente exibição de Bela, a Feia, a novela A Escrava Isaura retornou ao vídeo em dobradinha com Caminhos do Coração. Duas novelas aclamadas por internautas. O mesmo não deveria fazer o SBT?

Neste momento refletimos sobre o valor que tem a opinião daqueles que ainda nutrem esperança, depositam confiança e defendem a emissora em decisões equivocadas. Nenhum!

Últimos vídeos do Canal no YouTube