Carla (Mariana Santos) em Malhação: Toda Forma de Amar
Carla (Mariana Santos) em Malhação: Toda Forma de Amar (Divulgação/ TV Globo)

Com toda a certeza, Mariana Santos é uma das maiores atrações da atual temporada de Malhação, Toda Forma de Amar. O autor Emanuel Jacobina e seus colaboradores desenvolvem dia a dia com carinho e habilidade a personagem da atriz, Carla. Dona de uma lanchonete em Duque de Caxias, a “Baixadas”, viúva, mãe de dois filhos e figura materna da protagonista Rita (Alanis Guillen), Carla divide com Lígia (Paloma Duarte) a posição de “mulher madura central” da história. Além disso, tem diversas chances de mostrar como foi acertada sua escalação para esse papel, que parece ter sido criado sob medida para ela.

Quem é Carla, personagem de Mariana Santos

Raissa ( Dora de Assis ), Carla ( Mariana Santos ) e Thiago ( Danilo Maia ).

O falecido marido de Carla foi uma das muitas vítimas da violência que assola não somente o Rio de Janeiro, mas o Brasil todo, sem exagero. Com isso, ela teve que criar sozinha os dois filhos, Thiago (Danilo Maia) e Raíssa (Dora de Assis). Bonita e atraente, nem por isso Carla “se deu ao desfrute”, como diriam personagens das novelas regionalistas de Aguinaldo Silva. Só agora, com os filhos crescidos, é que ela se rendeu aos apelos do amor. E se envolveu com Madureira (Henri Castelli), líder de uma ONG da região na qual os jovens podem aprender muay thai.

Major Marco Rodrigo (Julio Machado), Carla (Mariana Santos) e Madureira (Henri Castelli) de Malhação - Toda a Forma de Amar
Major Marco Rodrigo (Julio Machado), Carla (Mariana Santos) e Madureira (Henri Castelli) de Malhação – Toda Forma de Amar (Divulgação/TV Globo)

Só que Carla não desperta a atenção de Madureira apenas. O policial Marco Rodrigo (Júlio Machado) está caidinho por ela. Madureira não ignora essa circunstância e os dois travam grandes batalhas de indiretas e marcação de posição diante da amada. O relacionamento de Carla e Madureira não envolve qualquer compromisso, e existe uma tensão sexual entre Marco Rodrigo e ela. Nisso, a viúva se divide. Além disso, Carla é uma mãezona exigente. Thiago trabalha na lanchonete com ela, mas Raíssa tem nela depositadas grandes esperanças da mãe. Esta deseja que a jovem estude para um dia ser juíza. No entanto, Raíssa tem muito forte o sonho de vencer na vida cantando. E já começou os primeiros passos nesse sentido, ao lado de Camelo (Ronald Sotto).

Carla oferece a Mariana Santos momentos de drama

O grande público já conhece Mariana Santos há alguns anos. Desde quando ela fazia esquetes do Zorra Total. Era ela a esposa do “falante” Aderbal (Bernardo Jablonski), que nada dizia porque ela mesma não deixava. Também era Mariana a moça neurótica que afastava de si todos os pretendentes que só ela mesma via como tais, apenas por terem se sentado ao seu lado, na fase do programa ambientada no metrô. A primeira novela da atriz foi Pega-pega (2017), de Cláudia Souto. Sua personagem era Maria Pia, filha única do casal Athayde (Reginaldo Faria) e Lígia (Ângela Vieira). Ela havia dedicado a vida ao antigo namorado Eric (Mateus Solano), por quem ainda era apaixonada. E era a mãe biológica da filha dele, Bebeth (Valentina Herszage).

Em Malhação – Toda Forma de Amar, não apenas a característica de mãe linha-dura de Carla oferece a Mariana Santos chances de exercitar a dramaticidade, como também o apoio que a personagem dá a Rita. O maior objetivo da moça é ter consigo a filha pequena, Ana, adotada por Lígia e seu marido Joaquim (Joaquim Lopes). Carla acolheu Rita em sua casa e a ajuda em tudo que pode no tocante à batalha pela guarda de Ana. Inclusive se revolta muito com as atitudes de Lara (Rosanne Mulholland), advogada e irmã de Lígia, que usa de expedientes bastante condenáveis.

Talento da atriz e inspiração dos autores garantem diversão

Malhação – Toda Forma de Amar terá quase 300 capítulos, conforme os planos da emissora, que pretende mantê-la no ar até abril de 2020. Com efeito, ainda estamos no primeiro terço dessa maratona. Mas Emanuel Jacobina tem mostrado saber o que fazer com sua história, que empolgou a audiência. E tem em Mariana Santos um bom chamariz para o público. O talento da atriz, aliado a essa boa personagem que ganhou de presente, faz com que acompanhar a trajetória de Carla e dos seus seja bastante agradável e divertido.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube