Britney (Glamour Garcia) e Abel (Pedro Carvalho), de A Dona do Pedaço
Britney (Glamour Garcia) e Abel (Pedro Carvalho), de A Dona do Pedaço (Reprodução)

Britney (Glamour Garcia) e Abel (Pedro Carvalho) formam um casal pretensamente cômico em A Dona do Pedaço. Na novela das nove da Globo, a comicidade do par está no fato de Britney ser uma mulher transexual. E o português Abel, até agora, não percebeu isso. Com isso, o texto de Walcyr Carrasco busca extrair comédia baseada em dois estereótipos questionáveis: a mulher trans que engana um homem heterossexual e o português distraído, que não percebe o que acontece ao seu redor.

Britney chega ao horário nobre da Globo num momento em que personagens transexuais começam a merecer diversas abordagens nas novelas da emissora. Ivan (Carol Duarte), de A Força do Querer, abriu caminho para a temática. No entanto, a maneira como Britney é mostrada em A Dona do Pedaço é, no mínimo questionável. Ela é uma menina correta, mas não consegue contar para Abel a verdade sobre ela. Com isso, faz com que outros personagens comentem o fato de maneira jocosa. Apesar da tentativa de fazer comédia, a abordagem acaba reforçando alguns preconceitos, como se homens e mulheres trans tivessem o propósito de “enganar” desavisados.

Enquanto isso, Abel é o único que não percebe que Britney é uma mulher trans. Todos os personagens que o cercam já notaram o fato, menos ele. Assim, Abel acaba caindo na caricatura de português distraído, daqueles que protagonizam piadas de gosto duvidoso. É triste e não tem graça.

Abordagens equivocadas

Não é a primeira vez que Walcyr Carrasco tenta fazer comédia com assuntos que mereciam uma melhor atenção. Em O Outro Lado do Paraíso, por exemplo, o novelista tentou emplacar o bordão de péssimo gosto “mãe de bicha” no núcleo que envolvia o casal gay Samuel (Eriberto Leão) e Cido (Rafael Zulu).

Glamour Garcia e Pedro Carvalho são ótimos atores e formam uma boa dupla. Mas a comédia na qual estão inseridos é um tanto rasteira. O que é uma pena. O casal poderia ir por outro caminho. Da maneira como são mostrados, Britney e Abel mais aborrecem do que divertem.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube