Seu Boneco (Marcius Melhem), Nerso da Capitinga (Gui Santana) e Pedro Bismarck (Foto: Globo/Estevam Avellar)

A “nova” Escolinha do Professor Raimundo estreou com a proposta de homenagear a versão original. Criação lendária de Chico Anysio, e atualmente protagonizada por Bruno Mazzeo. Porém, com o sucesso da empreitada, o humorístico acaba de emplacar sua quinta temporada. Ou seja, deixou de ser um especial para se tornar uma atração regular da grade da Globo e do Viva. E, com isso, enfraqueceu sua proposta de ser uma homenagem. Por isso, se vê com bons olhos o fato de, nesta quinta leva, o programa ter convidado atores da Escolinha original para reviverem seus tipos.

Na estreia da quinta temporada vista hoje (28) na Globo, o ator Pedro Bismarck surgiu em cena revivendo Nerso da Capitinga. Na trama, o “antigo” Nerso é um tio do atual Nerso, vivido por Gui Santana. Foi uma cena simpática, onde Bismarck brilhou reencarnando seu tipo mais famoso. Enquanto isso, Gui Santana pareceu verdadeiramente emocionado por estar ao lado do veterano. Foi um momento divertido, mas também de muita reverência à história da TV.

Esta temporada da Escolinha do Professor Raimundo contará com outras participações especiais. Nomes como Stella Freitas (Dona Cândida), David Pinheiro (Armando Volta) e Nizo Neto (Seu Ptolomeu) também devem dar as caras, dividindo a cena com Maria Clara Gueiros, Evandro Mesquita e Otaviano Costa. Além destes, Orlando Drummond, o eterno Seu Peru, também aparece, ao lado de Marcos Caruso. Trata-se de um retorno bastante esperado pelos fãs, já que o ator, que está com quase 100 anos, diminuiu o ritmo de trabalho.

Ontem e hoje

Com a novidade, a Escolinha do Professor Raimundo repara um erro. A partir do momento que o programa deixou de ser um especial para se tornar fixo, a aura de homenagem se perdeu. Com isso, ficou estranho ver novos atores encarnando personagens clássicos, sabendo que vários dos atores originais ainda estão na ativa. Muitos, até, sem espaço atualmente. Assim, nada mais justo que estes possam, também, aparecer nesta nova versão da Escolinha. Trata-se de uma questão de respeito à história destes intérpretes.

Além disso, a nova Escolinha do Professor Raimundo também acerta ao trazer outras novidades na temporada. Novos ambientes, como a sala de música, e novos alunos, como João Canabrava (Marcos Veras) e Suppapou Uaci (Welder Rodrigues) ajudam a dar frescor ao programa. E o texto também está bem inspirado, com boas críticas à sociedade atual. Deste modo, a quinta temporada da Escolinha dá uma sobrevida interessante ao humorístico.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube