Prova dos homens no Power Couple Brasil
Prova dos homens no Power Couple Brasil (Divulgação/ Record TV)

Faltam poucos dias para o final da quarta temporada de Power Couple Brasil, o reality dos casais da Record TV. E já se pode cravar que esta foi a temporada menos empolgante da história da atração. O programa começou promissor, tendo em vista a variedade do elenco. Porém, muitos participantes se apagaram no decorrer da temporada. Assim, o programa de Gugu Liberato chega à reta final com poucos momentos marcantes.

Uma temporada que reunia nomes como Lucas Salles, Nicole Bahls e, principalmente, Eliéser Ambrósio, parecia à prova de erros. Entretanto, conforme as semanas foram passando, os acontecimentos se mostraram ineficazes para que o elenco rendesse. Isso porque ninguém despontou como uma figura marcante, como aconteceu com Nadja Pessoa (da terceira temporada), Rafael Ilha (da segunda temporada) ou Laura Keller e Jorge Sousa (do primeiro ano).

Nicole, uma figura que sempre marca presença, teve bons momentos. A ex-panicat divertiu com suas tiradas e protagonizou algumas discussões. No entanto, foram situações pontuais. Não houve um grande crescimento por parte dela ao longo do jogo. Enquanto isso, Eliéser Ambrósio se destacou, mas não por bons motivos. O ex-BBB roubou a cena por suas reações intempestivas e pouco proporcionais às situações inusitadas em que se envolveu.

Assim, Kamilla Salgado e Eliéser tiveram os holofotes voltados para si. Mas não conseguiram escapar da DR e foram eliminados. Entretanto, ganharam nova chance na repescagem. E, estranhamente, não souberam utilizar a nova oportunidade. Eliéser preferiu tocar o terror e se indispor com praticamente todos os demais participantes. Resultado: o casal voltou para a DR e foi novamente eliminado.

Mais game, menos reality

Deste modo, a temporada 2019 do Power Couple não mobiliza grandes torcidas. Ao contrário do que aconteceu no ano passado, neste ano os conflitos do confinamento não terão grande peso na conclusão do jogo. Ou seja, o desempenho nas provas será determinante no resultado, e não a simpatia ou o número de fãs de cada casal.

Ou seja, o primeiro semestre da televisão brasileira não entregou ao público bons realities de confinamento. Depois de o BBB, da Globo, apresentar uma de suas piores temporadas, veio o Power Couple com o ano mais morno de sua trajetória. Então, fica a torcida para que A Fazenda tenha mais sorte.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube