Elenco do Dancing Brasil 5
Elenco do Dancing Brasil 5 (Foto: Divulgação/ Record TV)

A melhor decisão que a direção da Record TV tomou neste ano em sua linha de shows foi a de não produzir duas edições seguidas do Dancing Brasil. Mais de seis meses separam a temporada anterior da atual, que estreou nesta quarta-feira (03). E este tempo foi fundamental para que o formato fosse poupado do desgaste. Assim, a atração apresentada por Xuxa Meneghel voltou cheia de energia.

A própria Xuxa parecia mais feliz e radiante em cena. Com domínio completo do formato, a apresentadora achou um bom tom na condução do roteiro, fazendo parecer mais natural. Além disso, continua se permitindo sair do texto sempre que possível, fazendo piadas com os participantes e com os jurados Jaime Arôxa, Paulo Goulart Filho e Fernanda Chamma.

E não foi apenas Xuxa que voltou renovada. Seu partner Junno Andrade, que havia tido uma perfomance apenas mediana no ano passado, retomou o posto bem mais à vontade. O ator não parece mais nervoso em cena como na temporada anterior. Pelo contrário. Seus curtos bate-papos com os participantes antes e depois das apresentações estão mais descontraídos. O público poder dar notas, principal novidade deste ano, também foi uma boa ideia.

Deste modo, o único ponto negativo desta estreia foram algumas falhas técnicas, sobretudo no corte de câmeras. Em alguns momentos, os bailarinos desapareciam do quadro e o espectador via câmeras correndo pelo palco. Dancing Brasil sempre chamou a atenção pela sua produção impecável, com grandes espetáculos visuais. Sendo assim, estas falhas causaram estranheza. Mas nada que tenha tirado o brilho da atração, que ainda oferece momentos de pura beleza ao público.

Xuxa na Record

Se mantiver o ritmo desta estreia, Dancing Brasil tem tudo para ofertar mais uma boa temporada ao público. Com isso, Xuxa terá o seu melhor ano desde que estreou na Record, em 2015. Nada mal para a apresentadora que, apesar do prestígio, vinha numa trajetória um tanto incerta nos últimos anos.

Xuxa ainda não é boa de ibope, é verdade. No entanto, a soma de sua força e da força dos formatos do Dancing Brasil e do The Four resulta num entretenimento de qualidade. Neste atual momento da linha de shows da emissora, é algo a ser comemorado.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube