Alberto, Marcos, Paloma e Ramon são os protagonistas de Bom Sucesso
Alberto, Marcos, Paloma e Ramon são os protagonistas de Bom Sucesso (Foto: João Cotta/Globo)

Nesta segunda-feira (29 de julho), a Globo lançará sua nova novela das sete, substituta de Verão 90. Escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, Bom Sucesso terá a responsabilidade de manter os bons índices de audiência da novela de Izabel de Oliveira e Paula Amaral. E sua proposta é bem diferente. Enquanto a história que se despede nesta sexta-feira apostou na nostalgia e no descompromisso para entreter, a que chega tem por objetivo falar da finitude da vida e de como devemos aproveitar cada dia como se fosse o último. Afinal, a morte é inevitável.

Paloma e Alberto: os destinos que se cruzam devido a uma troca de exames em Bom Sucesso

Paloma (Grazi Massafera) em Bom Sucesso
Paloma (Grazi Massafera) em Bom Sucesso (Reprodução/TV Globo).

Paloma (Grazi Massafera) é a protagonista feminina da novela. Viúva, mãe de três filhos, ela é apaixonada por literatura. Arruma sempre algum tempo para ler, embora os muitos afazeres a consumam bastante. Os nomes de seus filhos foram inspirados por personagens de romances: Alice (Bruna Inocêncio), Gabriela (Giovanna Coimbra) e Peter (João Bravo). Sua saúde é perfeita, mas seus exames são trocados com os do rico Alberto Prado Monteiro (Antonio Fagundes).

Marcos (Romulo Estrela), Alberto (Antonio Fagundes) e Nana (Fabíula Nascimento), personagens de Bom Sucesso
Marcos (Romulo Estrela), Alberto (Antonio Fagundes) e Nana (Fabíula Nascimento), personagens de Bom Sucesso (Foto: Victor Pollak/ Globo)

Dono de uma grande editora, ele tem 80 anos e pouco tempo de vida pela frente. A filha mais velha, Nana (Fabíula Nascimento), vive para a editora. Em virtude dessa dedicação, não enxerga o envolvimento do marido Diogo (Armando Babaioff) com sua assistente pessoal, Gisele (Sheron Menezes). O outro filho é Marcos (Rômulo Estrela), moço de bom caráter, mas descompromissado.

Uma grande amizade e uma nova perspectiva da vida

Paloma e Marcos se envolvem, quando ela acredita ter apenas seis meses de vida e se dispõe a experiências que nunca viveu antes. Ao ser descoberto o equívoco dos exames, ela se aproxima de Alberto, figura de gênio difícil, ranzinza. No entanto, a vivacidade de Paloma e sua paixão pelos livros, ponto comum com o editor, ajudarão a forjar uma grande amizade a partir da convivência deles, uma vez que Paloma é contratada por Alberto como assistente pessoal. Além disso, ela fica dividida entre Marcos e Ramon (David Júnior), o namorado da adolescência. Em busca de seu sonho de vencer nos Estados Unidos como jogador de basquete, o rapaz deixou Paloma, grávida de Alice.

O amor de pessoas comuns pelos livros: um ponto interessante da nova atração das 19h

Não é segredo que o mercado editorial vive um mau momento no Brasil atualmente. Com efeito, os integrantes da cadeia de produção e distribuição de livros em nosso País passam por um período complicado, de retração nas vendas e fechamento de lojas. Bom Sucesso tem no livro enquanto negócio e como elemento transformador de vidas dois pontos importantes da trama. A editora de Alberto e seus funcionários, junto aos conflitos particulares e românticos de todos, mostrará ao telespectador como se fazem livros. O próprio mandachuva e Paloma serão ícones da abordagem do poder da literatura e da paixão por ela.

Com toda a certeza, se levada a cabo de forma agradável e sem excessos didáticos, a “campanha” da novela pela literatura pode ajudar a audiência a enxergar o livro como algo que proporciona prazer e conhecimento. Uma visão bem diferente do tom de obrigação e penitência que professores e pais costumam usar para nos obrigar a ler.

Personagens com boas possibilidades

Bom Sucesso tem alguns atores e personagens com boas possibilidades para os próximos seis meses. Um deles é David Júnior. O ator tem em Ramon seu primeiro personagem entre os protagonistas de uma novela e já chamou a atenção nos dois papéis dos quais vem. Anteriormente, ele foi o Dom de Pega-pega e o Menelau de O Tempo Não Para.

Ingrid Guimarães e Rafael Infante surgirão na novela como os atores Silvana Nolasco e Pablo Sanches. Ela é a vilã da novela das oito, reconhece testes do sofá no passado e se envolverá com Marcos. Ao passo que Pablo é galã de TV, mas esconde do público sua orientação sexual: ele é gay.

Armando Babaioff e Sheron Menezes vivem dois personagens de mau caráter. Diogo, inclusive, é aliado de Eric Feitosa (Jonas Bloch), interessado em comprar a editora e destruir Alberto. O genro do editor deseja garantir sua parte do patrimônio de Nana. Aliás, Fabíula Nascimento tem a oportunidade de viver alguém bem diferente da Cacau de Segundo Sol, seu papel imediatamente anterior.

Que ninguém espere outra Totalmente Demais em Bom Sucesso

Rosane Svartman e Paulo Halm assinaram nos últimos anos a temporada Sonhos de Malhação (2014/15), e posteriormente Totalmente Demais (2015), no mesmo horário das 19h que Bom Sucesso agora ocupará. A novela com Marina Ruy Barbosa, Fábio Assunção, Juliana Paes e Felipe Simas nos papéis principais fez sucesso e agradou a diversas faixas etárias. Todavia, a nova empreitada tem um viés diferente. Digamos que a ideia agora seja fazer uma novela “mais novela”, com drama na trama central acima do identificável na produção anterior.

Ao mesmo tempo, não é intenção de Bom Sucesso ser uma novela densa demais, pesada. A temática da morte como algo natural e para o qual devemos saber nos preparar, não sem curtir cada dia das nossas vidas, pode render uma história apurada, inteligente e, por que não?, bem-humorada. Espera-se que os telespectadores que renderam índices expressivos de audiência ao escapismo calculado – e por vezes equivocado – de Verão 90 saibam compreender essa proposta diferente e igualmente válida.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube