Andre Marques com os finalistas Raylla Araújo, Jeremias Reis e Luiza Barbosa
Andre Marques com os finalistas Raylla Araújo, Jeremias Reis e Luiza Barbosa (Foto: Globo/Cesar Alves)

O final da quarta temporada de The Voice Kids, na Globo, consagrou o pequeno Jeremias Reis como a mais nova voz infantil do Brasil. A disputa, regada a fofura e emoção, fortaleceu ainda mais a versão para crianças do principal talent show em exibição na TV brasileira. Com mais acertos do que erros, The Voice Kids firma-se como um bom produto das tardes de domingo.

Jeremias Reis despontou como favorito desde sua primeira aparição, quando cantou “Sementes do Amanhã”, de Gonzaguinha. De lá para cá, caiu nas graças dos técnicos, sendo muito defendido não apenas por Simone e Simaria, time ao qual pertenceu, mas também por Carlinhos Brown e Claudia Leitte. Em seguida, foi ainda mais fortalecido com o início da fase ao vivo, quando conseguiu engajar a audiência e permanecer na disputa. Sua vitória, portanto, era esperada, embora suas concorrentes Luiza Barbosa e Raylla Araújo também tenham conquistado grande torcida.

Deste modo, The Voice Kids concluiu mais uma temporada bem-sucedida nos domingos da Globo. Sua receita segue infalível. Afinal, ao mostrar as histórias de vida de crianças talentosas, The Voice Kids fisga o público pela emoção. E o bom formato encontrou um terreno fértil e ideal nas tardes de domingo, tornando-se um programa familiar ideal.

Técnicos veteranos

Dentre tantos acertos, um detalhe pode ser apontado como um defeito: a insistência em Carlinhos Brown e Claudia Leitte como técnicos. A dupla está na função desde o primeiro The Voice Brasil, em 2012. São sete anos ocupando a mesma cadeira, seja na versão adulta ou juvenil da atração. Com isso, criaram vícios e se repetem em demasia.

Sendo assim, para a próxima temporada, a direção da atração devia considerar substituições no time de técnicos. O programa vem carecendo, urgente, de sangue novo. Novos componentes podem dar à atração um ar de renovação, algo sempre importante para um projeto tão longevo.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube