Cena da série A Rosa dos Milagres (Reprodução / Televisa)
Cena da série A Rosa dos Milagres (Reprodução / Televisa)

Atual menina dos olhos de Silvio Santos, a série A Rosa dos Milagres ainda não atendeu às expectativas do SBT. A produção não elevou os índices de audiência conquistados por Carrossel, trama que a antecedeu na grade. Mas o dono do SBT não é famoso por ser paciente, e já testará seu novo produto num novo horário da grade. Ou seja, o SBT não vai desistir tão cedo de emplacar sua mais nova aquisição.

Assim, A Rosa dos Milagres passará a ser exibida em dois horários. Além do horário atual das 18h45, a série mexicana será exibida também na faixa da 14h15. Trata-se de uma estratégia clara. A direção do SBT quer testar a série num novo horário e buscar entender onde está o potencial público da atração.

A Rosa dos Milagres é uma série mexicana que conta uma história diferente a cada dia. Os episódios mostram pessoas vivendo dramas cotidianos, e que alcançam um milagre graças à fé em Nossa Senhora de Guadalupe. Entretanto, trata-se de uma produção de gosto duvidoso. Os cenários e atuações são pobres, e o roteiro não é bem um arroubo de criatividade.

Por isso mesmo, a série vem encontrando dificuldades em emplacar. Afinal, ela sucedeu Carrossel, uma trama infantil. As duas produções têm publico completamente distintos. Deste modo, A Rosa dos Milagres tem a espinhosa missão de atrair um público completamente novo. Mas, provavelmente, não será às 14h15 que a série encontrará um lugar ao sol. Afinal, mais uma vez, ela vai substituir uma atração infantil, tomando o espaço do Bom Dia e Cia. Além disso, vai bater de frente com o quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral, na Record TV. Complicado.

A Rosa dos Milagres x Caso Encerrado

A estratégia (ou a falta de) envolvendo A Rosa dos Milagres não é inédita no SBT. Há alguns anos, Silvio Santos importou um programa pelo qual se apaixonou: Caso Encerrado. O telebarraco produzido pela Telemundo e apresentado por Ana María Pólo caiu nas graças do “patrão”, que escalou a produção para a faixa das 18 horas. Mas a esquisita atração derrubou os índices de audiência do SBT.

Assim, começava uma verdadeira dança das cadeiras para tentar emplacar a produção. Caso Encerrado chegou a ser exibido à tarde, na faixa das 13 horas. Depois, foi escalado para as noites de sábado. Em nenhum dos horários o programa alcançou índices satisfatórios. Deste modo, acabou cancelado depois de alguns meses.

Ao que tudo indica, o mesmo deve acontecer com A Rosa dos Milagres. A série tem pouco a ver com a realidade do Brasil e, por isso, não chama a atenção do grande público. Por isso, a possibilidade de ela crescer é bastante remota.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube