Xuxa no programa Geração Xuxa, do Playplus
Xuxa no programa Geração Xuxa, do Play Plus (Divulgação/ Record TV)

Novidade do PlayPlus, serviço de streaming do Grupo Record, o infantil Geração Xuxa já tem seu primeiro episódio disponibilizado na plataforma. A atração é bem diferente dos programas para crianças que Xuxa já apresentou em sua longa carreira. Isso porque Xuxa se coloca numa posição ainda mais próxima das crianças, algo distante dos tempos em que se colocava como “ídolo inatingível”. Além disso, o novo programa não é exclusivamente infantil, com apelo para ser visto também por adultos.

Geração Xuxa traz a apresentadora num cenário intimista. Num canto em meio a caixas de papelão, ela recebe crianças para bate-papos variados. No primeiro episódio, Xuxa recebe MC Bruninho, menino que vem fazendo sucesso na TV como cantor e compositor. Inicialmente, Xuxa conversa com ele sobre sua vida e carreira. Depois, recebe mais crianças e vê vídeos, no qual artistas expõem problemas e pedem conselhos aos pequenos. Thaynara OG também participa do bate-papo junto com as crianças.

Leia também: Canal BandNews anuncia nova fase em chamada: “A mesma independência de cara nova”

Ou seja, Geração Xuxa aposta numa fórmula amplamente explorada na TV aberta. Programas como Gente Inocente, da Globo, e Pequenos Brilhantes, do SBT, exibiam quadros de entrevistas nos quais crianças indagavam adultos, e vice-versa. O Programa Raul Gil, do SBT, também já fez uso da fórmula. Trata-se de uma receita que costuma funcionar, tendo em vista que a espontaneidade das crianças consegue, também, divertir os adultos. Afinal, a ingenuidade e a “fofura” dos pequenos têm este poder de atrair um público familiar. O sucesso do The Voice Kids, da Globo, tem muito a ver com isso.

Xuxa, Record TV e PlayPlus

Se na tela da Record TV, Xuxa Meneghel perdeu um espaço próprio para comandar formatos importados, no Geração Xuxa ela volta a ter um espaço mais autoral. E a atração do PlayPlus, embora não seja lá muito original, se mostrou um terreno no qual a apresentadora pode ser ela mesma. Xuxa está muito à vontade neste novo papel, no qual tem apenas crianças ao seu lado, sem a pirotecnia que a caracterizava no passado.

Além disso, o formato do Geração Xuxa parece bastante adequado para o streaming. Com um episódio de 20 minutos, de edição ágil e direta, o programa segue da cartilha dos vídeos da internet, e é bem apropriado para se assistir no celular, por exemplo.

Em suma, trata-se de uma boa experiência, tanto para Xuxa quanto para a Record TV e seu serviço de streaming. Assim, o PlayPlus pode se tornar uma interessante plataforma para que novas experiências sejam testadas. Se levarmos em consideração que a produção exclusiva da plataforma ainda é bem restrita, qualquer novidade neste sentido já é uma boa notícia.

Leia também: Dez anos depois, Celso Portiolli finalmente dá sua cara ao Domingo Legal

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube