Fabio Porchat durante programa na Record TV
Fabio Porchat durante programa na Record TV (Record TV / Divulgação)

Não teve jeito. O Programa do Porchat chegou ao fim. O talk show de Fabio Porchat encerrou sua trajetória depois de dois anos e meio no ar. Foram dois anos e meio bem divertidos, nos quais o humorista amadureceu e se tornou, de fato, um apresentador de televisão. A atração, portanto, chega ao fim em seu melhor momento, deixando um buraco na programação da RecordTV.

Programa do Porchat cumpria uma missão importante na Record. Era o programa “fora da curva”. Hoje, o canal é muito baseado em jornalismo popular, novelas bíblicas e formatos vindos de fora. Ou seja, é uma emissora que não preza muito a criatividade. Já o Programa do Porchat era o contrário disso: esbanjava boas ideias. O apresentador e sua equipe abusavam de boas sacadas, sempre surpreendendo sua audiência.

Leia também: Acabou! Emoção marca o fim do Programa do Porchat na Record TV

Sim, o Programa do Porchat também não é um formato original. É mais um talk show brasileiro a beber da fonte dos night shows estadunidenses. No entanto, por mais que usasse a mesma fórmula de humor, banda e entrevistas, o Programa do Porchat tinha uma identidade própria. Era a cara de Fabio Porchat. Era moderno, arrojado e com um senso de humor que passava longe da ofensa. Algo pouco comum em atrações similares.

Atração jovem

Por conta destas características, o Programa do Porchat dialogava muito bem com o público jovem. A figura de Porchat sempre teve boa aceitação neste segmento. E a dinâmica do programa também era muito atrativa a este nicho. Portanto, sem Porchat, a Record não tem mais um produto capaz de atrair esta parcela da audiência. Sua grade fica, cada vez mais, envelhecida e conservadora. Isso é um problema, já que a emissora precisa formar e renovar público.

Isso sem falar na brecha que se abre no final de noite do canal. O programa revitalizou um horário que era morto na Record. Agora, a faixa deve voltar a ser ocupada por tapa-buracos. Ou seja, são muitas as lacunas que a saída de Fabio Porchat deixará. E, ao que tudo indica, a emissora não está interessada em preenchê-las. Uma pena.

Leia também: Ainda sem emplacar, O Sétimo Guardião é “novelão tradicional”

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube