Sophie vive Leona em Ilha de Ferro
Sophie vive Leona em Ilha de Ferro (Globo)

Mais uma vez, a Globo promove uma estreia de um produto do GloboPlay em seu horário nobre. Ilha de Ferro, sua mais nova produção para o serviço de streaming, teve seu primeiro episódio exibido no canal aberto na noite de ontem (19). Este “aperitivo” da nova produção serviu para evidenciar o talento da atriz Sophie Charlotte. Sua Leona, sem dúvidas, foi o destaque da estreia da produção.

Ilha de Ferro narra o cotidiano dos profissionais que atuam numa plataforma de petróleo. Dante (Cauã Reymond) é um destes profissionais, que passa muitos dias longe de casa, em alto mar. Sophie vive Leona, a namorada de Dante. Uma tensão acontece entre eles quando a jovem assume um caso com Bruno (Klebber Toledo), o irmão de Dante.

Leia também: Triângulo amoroso marca capítulo especial da série Ilha de Ferro

Vivendo uma personagem bem diferente de suas mocinhas, Sophie Charlotte cumpriu com louvor o desafio de viver esta jovem tão cheia de contradições. Leona é intensa, está quase sempre alterada, com um visual desleixado. E Sophie soube como traduzir tantos sentimentos por meio de olhares e gestos. Além, claro, da caracterização certeira, que a levou para este novo lugar. Suas cenas são magnéticas.

Aliás, não só Sophie Charlotte está muito bem na série. Há um evidente trabalho de preparação de atores. Cauã Reymond e Maria Casadevall (Julia, a rival de Dante na plataforma) também estão em um de seus melhores momentos na tela. O trabalho cinematográfico leva a assinatura de Afonso Poyart, um dos mais inventivos diretores de cinema do país.

Com Ilha de Ferro, GloboPlay busca uma assinatura própria

Ilha de Ferro é a segunda série produzida para o aplicativo GloboPlay. Assim como em Assédio, a primeira delas, vê-se claramente que o serviço busca uma assinatura própria em suas produções, sem carregar vícios da televisão. Aliás, o fato de não estar numa TV aberta dá liberdade para que se ouse mais.

Assim, Ilha de Ferro parece se inspirar em produções de TV paga, com uma trama mais intensa e cenas mais quentes. No entanto, por mais que esta busca seja válida, o GloboPlay ainda carece de maturidade. Assédio e Ilha de Ferro são ótimas produções, sem dúvidas. Mas ainda não parecem ter força para virarem hits, como algumas das produções da NetFlix, por exemplo. Porém, a tentativa é sempre válida e necessária.

Leia também: Taís Araújo é a grande vencedora do PopStar

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.