Tatá Werneck apresenta o Lady Night
Tatá Werneck apresenta o Lady Night (Reprodução/Multishow).

Nesta semana, o Multishow estreou a terceira temporada de Lady Night. O talk show de Tatá Werneck voltou para mais uma leva inspirada de episódios. Os quatro exibidos até aqui mostraram uma apresentadora rápida e convidados dispostos a entrar na brincadeira. Ao mesmo tempo, a Globo confirma a exibição da atração em sua programação de verão. É a consagração do programa, que é o melhor talk show de humor em exibição da TV brasileira.

Na Globo, Lady Night deve ser exibido nas noites de quinta-feira, depois do Big Brother Brasil. O canal aberto exibirá episódios das duas primeiras temporadas do programa. Com isso, corrige um erro de percurso evidente. Ao extinguir o Programa do Jô, a Globo foi na contramão da concorrência, que apostava em talk shows de humor com jovens comediantes, e recrutou Pedro Bial para seu programa de entrevistas noturno. Porém, paralelamente, fez sua aposta num programa com um jovem comediante: Marcelo Adnet e seu Adnight.

Leia também: Em entrevista divertida, Juliana Paes tasca beijão em Tatá Werneck no Lady Night

Adnight teve duas temporadas de triste lembrança. Apesar dos talentos de Adnet, o programa pecou pelo excesso de roteiro e de pirotecnia. Ou seja, vai na contramão do Lady Night, que é baseado unicamente em entrevistas. E, claro, conta com uma apresentadora que improvisa sempre que pode. A proposta do Adnight era “desconstruir” o convidado. Mas quem atendeu esta proposta foi o Lady Night, no Multishow.

Lady Night nas quintas-feiras da Globo

Curiosamente, Lady Night ocupará a segunda linha de shows das quintas-feiras da Globo. O mesmíssimo horário que Marcelo Adnet ocupou com seu extinto Adnight. Ou seja, Tatá Wernerck será a substituta natural do humorista na grade da emissora. Além disso, virá ainda com a nobre missão de levantar o horário. O cartaz atual, Os Melhores Anos das Nossas Vidas, não emplacou.

Leia também: Globo promove mudanças no Vídeo Show e Vivian Amorim faz desabafo na web

Mas Tatá terá muitos pontos a seu favor. Além de seu programa já ser conhecido, e seu potencial mais do que comprovado, Lady Night estreará num bom momento. Não terá a concorrência com A Fazenda, e irá ao ar após o BBB, que costuma “turbinar” a grade. Assim, finalmente a Globo dará a sua resposta ao The Noite, do SBT, e ao Programa do Porchat, da RecordTV (que sai do ar no fim do ano).

Globo x Globosat

A migração do Lady Night para a TV aberta é mais um passo no aumento do diálogo entre a TV Globo e os canais da Globosat. Antes totalmente alheia às produções da TV paga, o canal aberto agora se rende às produções. Diálogo este que começou com as coproduções do GNT (com a série Animal) e do Viva (com os revivals do Sai de Baixo e Escolinha do Professor Raimundo).

No entanto, chama a atenção o fato de que o Lady Night não foi concebido como coprodução. Ele é um produto original do Multishow que ganha a TV aberta. Um caminho raro, mas que começa a ganhar força. E isso é muito positivo. A troca entre as emissoras do mesmo grupo só otimiza as produções e abre espaço para experimentações e sangue novo. Que venham novas experiências neste sentido!

Leia também: RedeTV! chega aos 19 anos comemorando seu sucesso na internet

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.