Karola (Deborah Secco) de Segundo Sol
Karola (Deborah Secco) de Segundo Sol (Divulgação/TV Globo)

Ontem (06), o capítulo de Segundo Sol foi um verdadeiro carrossel de emoções para Karola (Deborah Secco). A antagonista da trama teve seu dia de mocinha sofredora ao se ver diante de várias revelações acerca de sua origem. Logo no início do episódio, ela ficou chocada ao descobrir ser filha de Laureta (Adriana Esteves). Pouco tempo depois, descobriu que seu pai é Severo Athayde (Odilon Wagner). E chorou muito.

Enquanto isso, a mocinha Luzia (Giovanna Antonelli) mal apareceu. A pretensa heroína de Segundo Sol surgiu em sequências sem importância. Foi vista em momentos de amor com Beto Falcão (Emílio Dantas) e celebrando a amizade com a irmã Cacau (Fabíula Nascimento). Ou seja, apareceu apenas para preencher espaço.

Leia também: Segundo Sol: Laureta revela passado nebuloso: “Fui prostituída desde cedo, era essa a vida que eu conhecia”

Já Karola viveu um momento de alta tensão dramática, evidenciando a boa performance de Deborah Secco. Se a atriz começou instável com sua Karola, é fato que ela engrenou no decorrer dos capítulos e fez uma vilã das mais interessantes. Deborah conseguiu dosar bem as inúmeras facetas de Karola, seja sua obsessão por Beto, seu amor pelo filho, ou suas armações quase sempre desastradas. E ainda, tudo isso regado a muito humor. Além disso, o autor João Emanuel Carneiro turbinou a performance da atriz ao lhe dar textos realmente inspirados.

Segundo Sol redime Karola e a transforma em mocinha

Ou seja, na atual fase de Segundo Sol, Karola cumpre o papel da mocinha. Esta sequência de descobertas sobre sua origem vem fazendo a ex-vilã comer o pão que o diabo amassou. E, claro, colocando-a em confrontos com seus pais. Seu encontro com Severo foi tenso e cheio de mágoas. E o capítulo terminou com seu reencontro com Laureta. É o acerto de contas entre mãe e filha.

Há três capítulos do fim, Segundo Sol ainda reserva mais emoções a Karola. Será seu embate com Laureta o grande acontecimento desta reta final. Seu romance com Remy (Vladimir Brichta), que é seu tio, também deve ter destaque. E seu desfecho, caso os boatos se confirmem, será trágico, mas simbolizará sua redenção total.

Assim, é Karola a grande protagonista desta fase final de Segundo Sol. Luzia e Beto não têm mais o que fazer há tempos e personagens que já tiveram força, como Roberval (Fabrício Boliveira) e Rosa (Letícia Colin), estão apagados. A hora é de Karola.

Leia também: 1 por Todos estreia em ritmo de Bake Off Brasil

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.