Cátia Paganote
Cátia Paganote (Foto: Reprodução/RecordTV)

A décima edição de A Fazenda, em exibição na RecordTV, realmente está dando o que falar. Depois de várias edições modorrentas e com repercussão mediana entre o público, a atual safra mostrou que o formato ainda pode render. Na noite de ontem (29), o programa exibiu a expulsão da ex-paquita Cátia Paganote, acusada de agredir Evandro Santo. Trata-se da segunda expulsão desta temporada, já que Nadja Pessoa também deixou a competição após um chute em Caíque Aguiar.

As expulsões de A Fazenda provam que a emissora realmente escolheu um elenco explosivo. Desde o início, parecia que juntar Rafael Ilha, Nadja Pessoa e Ana Paula Renault, entre outros, num mesmo ambiente daria o que falar. Curiosamente, a ex-BBB não teve uma passagem tão inspirada no reality da RecordTV como teve no da Globo, sendo ofuscada por Nadja Pessoa. Esta, por sua vez, despontou como favorita por seu jogo polêmico, mas foi traída pelos próprios impulsos.

Leia também: A Fazenda 10: Marcos Mion fala sobre expulsão de Cátia Paganote

Depois disso, restaram jogadores de pouca expressão. Rafael Ilha, de personalidade forte, não despontou, embora tenha tido momentos de protagonismo. Até mesmo Cátia Paganote, que ensaiou ser pedra no sapato, não alcançou o favoritismo. Antes de ser expulsa, ela era a mais cotada para ser eliminada na “roça” com Evandro Santo. O ex-Pânico, portanto, pode assumir a liderança, embora tenha tido momentos controversos.

A Fazenda recolocou a RecordTV nos trilhos

Depois de um 2017 para esquecer, a RecordTV seguia com uma programação morna neste ano. Mas, quando A Fazenda entrou no ar, a emissora conseguiu um impulso interessante. No horário nobre, A Fazenda tem ido muito bem de audiência, deixando vários programas da linha de shows da Globo em segundo lugar. Além disso, o reality alavancou o Programa do Porchat, que tem registrado as melhores audiências de sua história.

O bom desempenho do horário nobre acaba dando visibilidade a outros produtos da programação do canal. Assim, a emissora vive bons momentos, também, com seus jornais populares, como o Balanço Geral e o Cidade Alerta. Deste modo, deve encerrar 2018 com fôlego para uma necessária sacolejada no ano que vem. Tudo isso graças a um formato que muitos já haviam dado como morto e enterrado.

Leia também: Há um ano na RedeTV!, Rosana Jatobá é desperdiçada no canal

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.