Marvio Lucio - Carioca no Vídeo Show
Marvio Lucio - Carioca no Vídeo Show (Divulgação/ TV Globo)

Não está nada fácil a vida do Vídeo Show. O vespertino da Globo mudou apresentadores e tentou ficar mais interativo. Mas as mudanças não se traduziram em acréscimo de audiência. E, pelo jeito, mais mudanças hão de aparecer. Na tarde de ontem (20), o humorista Márvio Lúcio, o Carioca, fez sua estreia na atração global. No entanto, a novidade ainda não disse a que veio e apenas evidenciou que o programa ainda está completamente sem rumo.

A estreia de Carioca se deu em partes. No final da semana passada, espectadores notaram situações inusitadas na área dos Estúdios Globo que é visível no cenário transparente do Vídeo Show. Na quinta-feira (16), um homem se atrapalha ao manusear uma churrasqueira. Já na sexta-feira (17), um “apicultor” é atacado por abelhas. E as apresentadoras do Vídeo Show nada disseram sobre o assunto. Parecia pegadinha. E era mesmo.

Saiba mais: Carioca, Maurício Meirelles e Matheus Mazzafera chegam ao Vídeo Show

Antes de se revelar o protagonista das inusitadas situações, Carioca ainda surgiu limpando os vidros do estúdio do Vídeo Show. Depois, recebido por Sophia Abrahão, apenas anunciou sua estreia. E só. Neste primeiro momento, não ficou claro o que Carioca fará no Vídeo Show. Só ficou evidente que a próxima arma que a direção do programa pretende utilizar é o humor. Só resta saber se a nova aposta fará algum sentido dentro da proposta da atração, que segue sendo uma vitrine para os programas da Globo.

Vídeo Show quer “nova” Monica Iozzi

Fica a impressão de que o Vídeo Show ainda não conseguiu superar a ausência de Monica Iozzi, que apresentou o programa ao lado de Otaviano Costa entre 2015 e 2016. Monica injetou humor e improviso à apresentação ao vivo do programa, fugindo do teleprompter sempre que podia. À vontade ao lado da parceira, Otaviano também rendeu bem mais, e a dupla funcionou. Vídeo Show ficou mais solto, mais alegre e bem-humorado, mas sem perder de vista sua proposta.

Com a saída da atriz, o programa caiu na armadilha de tentar “fabricar” uma nova Monica Iozzi. A escolha de Maíra Charken, atriz de veia cômica latente, evidenciou isso. Mas não ficou orgânico e não funcionou. Soou forçado. E, agora, depois de inúmeras mudanças, o Vídeo Show quer atacar novamente na seara do humor. Desta vez, com os personagens de Carioca e prometidas entrevistas inusitadas de Maurício Meirelles, que deve estrear nos próximos dias.

Entretanto, o estilo do “ex-Pânico” não parece ter muito a ver com o vespertino. Até aqui, todos os acréscimos no Vídeo Show só colaboram para deixar o programa inchado e confuso. Não há preocupação em melhorar a pauta, ou produzir um conteúdo mais interessante. É só um “aperta que cabe”. Em suma, o Vídeo Show está completamente perdido.

Leia também: Globo erra ao diminuir espaço de Renato Aragão no Criança Esperança

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Últimos vídeos do Canal no YouTube