Monalisa Perrone apresenta o Hora 1
Monalisa Perrone apresenta o Hora 1 (reprodução)

Antes jogadas às reprises, enlatados, religiosos, televendas ou até barras coloridas, as madrugadas na televisão, hoje, são pontos estratégicos da programação. O anúncio do aumento da duração do Hora 1, da Globo, que passará a ser exibido das 4h às 6h, mostra o quanto esta faixa horária tem ganhado importância nos últimos anos. Além de fazer a diferença na média de audiência diária, a programação de fim de madrugada ajuda a alavancar a grade matinal.

Vale lembrar que quem descobriu esta força da madrugada foi o SBT. A emissora de Silvio Santos exibia o pré-gravado Jornal do SBT Manhã diariamente das 4h às 5h, e o reprisava das 5h às 6h e, depois, das 6h às 7h. Com isso, conseguiu atrair a atenção de um público que acorda cada vez mais cedo. Curiosamente, aos poucos, o SBT foi reduzindo o espaço do SBT Manhã. Mas já havia plantado uma semente e encorajado a Globo a extinguir o Globo Rural diário e lançar o Hora 1. E deu muito certo.

Saiba mais: Hora 1 ganha mais tempo e passa a ter duas horas de duração na Globo

Com o noticiário pilotado por Monalisa Perrone exibido das 5h às 6h, a Globo alavancou todos os jornais matinais. De quebra, abriu espaço para uma mudança importante de rumo na grade do canal. Ou seja, a Globo passou a apostar mais em atrações ao vivo. Além disso, o entretenimento também passou a ser exibido ao vivo. Assim, a grade do canal abre ao vivo logo cedo, e segue em tempo real até o encerramento do Vídeo Show. Com isso, a emissora passou a ter uma grade mais flexível e “quente”.

Hora 1 provocou reação do SBT e da Record

O sucesso do Hora 1 fez a concorrência se mexer. O SBT voltou a apostar no horário com o SBT Notícias, que também apresenta bons resultados por toda a madrugada. Sem dúvidas, foi o desempenho do noticioso de Silvio Santos que fez com que a Globo ampliasse a duração do Hora 1. Afinal, basta lembrar que não faz muito tempo que o canal apostou em reprises do Globo Repórter na faixa. Ou seja, o intuito era “brecar” o SBT. Já a Record, que depende de sua programação religiosa da madrugada, não consegue começar seu noticiário tão cedo. Mesmo assim, reformulou seus jornais matinais recentemente. Essa movimentação deixa claro que todo horário na TV é importante se houver investimento.

Veja também: Com debate mais organizado, Fofocalizando melhora

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

1 COMENTÁRIO

  1. Por a Isabela Camargo não apresentou mais o Tempo do Hora um?
    Há duas semanas que não mostram o tempo de curitiba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui