Conversa com Bial conquista seu espaço promovendo encontros imperdíveis e inusitados

Conversa com Bial
Pedro Bial no cenário do Conversa com Bial (foto: Divulgação)

O Conversa com Bial tem repercutido positivamente em razão dos excelentes encontros promovidos por Pedro Bial nos finais de noite da Globo.

Se antes a emissora freava Jô Soares, que dentre outras personalidades tentou receber Datena, agora é possível ver no novo talk show das madrugadas as presenças de Palmirinha Onofre e Ronnie Von, por exemplo, que renderam excelentes bate-papos – a primeira ao lado de Bela Gil e o segundo com encontro inusitado com João Gordo, que muitos não sabiam serem amigos.

Sim, Ronnie integra um canal menor, mas nem por isso deixa de ser concorrente. Aliás, querido no meio, o apresentador tem passado por todos os formatos de entrevista da TV brasileira.


E o diferencial de Bial, talvez por ser jornalista, é o fato de dominar as pautas. É sempre muito agradável conferir uma entrevista quando quem pergunta conhece o convidado – Ana Maria Braga, diferente dele, vive protagonizando momentos constrangedores.

Sim, o Programa do Jô faz muita falta, mas é preciso reconhecer que o espaço deixado pelo noturno foi bem preenchido pelo também inteligente e divertido Conversa com Bial.

A propósito, falando em Ana Maria: é bem estranho ela nunca ter convidado Palmirinha, que além do Conversa já foi no Caldeirão do Huck, para o Mais Você…

Filho gato de Sidney Magal faz sucesso na web ao participar do Conversa com Bial

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.