Lília Cabral é uma atriz digna de todos os aplausos

Lilia Cabral
Lilia Cabral é Silvana em A Força do Querer (Divulgação/ TV Globo)

Eu sempre fui uma pessoa aficcionada por novelas. Desde muito jovem eu acompanho as histórias criadas pelos grandes autores brasileiros – sem modéstia, são os melhores do mundo. É mágico você ver algo pensado por alguém e transformado em realidade. Eles nos fazem sonhar em suas histórias. Mas como em um quebra-cabeça, todas as peças precisam se encaixar perfeitamente para uma novela ser considerada o famoso ‘novelão’: um bom texto, um bom diretor, um produção impecável e grandes atores – é nesse elemento que eu apresento a personagem dessa minha resenha. Trata-se de Lilia Cabral, uma mulher que nasceu realmente para nos encantar com seu talento e carisma.

Ela transforma qualquer papel em seu melhor papel. Em uma novela não existe protagonismo. Quando o artista se dedica e faz realmente o que ama, o resultado fica nítido no vídeo. E, ele acaba roubando todas as atenções do público. Um exemplo claro é Silvana em A Força do Querer, de Gloria Perez. Quando eu vi as primeiras cenas de Lilia como a personagem, fiquei meio temeroso em relação ao andamento. Achei um papel pequeno para o talento dessa notável atriz. Mas nas últimas semanas, eu quebrei a minha cara literalmente, a personagem é muito rica, cheia de nuances e a atuação de Lília Cabral é digna de um Oscar (pena que o Brasil não valoriza verdadeiramente os seus artistas); vale ressaltar que ela já foi indicada duas vezes ao Prêmio Emmy Internacional de Melhor Atriz.

Leia também: No remake de Os Trapalhões, Mumuzinho mostra que nasceu para brilhar

Em A Força do Querer, Cabral consegue passar para o telespectador todas as angústias e frustrações de uma pessoa viciada, nesse caso em jogo, mas com uma delicadeza sem igual. Sem cair na caricatura, algo raro quando se fala em vicio e em certas patologias – muitos atores erram a mão e acabam caindo no caricato. Mas vale ressaltar, que Gloria Perez está retratando com verdade a personagem e Cabral está impecável no papel. A cena que foi ao ar na última sexta-feira, 14, em que a personagem perde todo o seu dinheiro e aposta o carro para tentar recuperar a grana perdida, é algo tão tocante que faz qualquer um repensar a sua própria vida. Será que isso existe? Lógico que existe! E, Lilia Cabral interpretou com uma delicadeza, que fez muita gente se emocionar. Cabral é o tipo de atriz que costuma falar com o olhar, são poucos no Brasil que tem essa técnica, e, Lilia faz isso como ninguém. Seu olhar nos encanta e nos hipnotiza de uma certa maneira, que parece que estamos voando em direção ao céu azul – ela nos faz sonhar. Sabe por que ela tem esse poder? Porque faz tudo com verdade e amor. E, isso não precisa de técnica. É algo que vem de dentro. Aos 17 anos, Lilia prometeu aos seus pais que iria cursa jornalismo. Mas, foi estudar escondida na Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo. E, com 21 anos, já formada, pôde dizer aos seus pais que realmente era uma atriz. Não sei se o jornalismo perdeu uma grande jornalista. Mas não tenho dúvida nenhuma, o Brasil ganhou uma grande atriz, que só traz orgulho para o seu povo. Lilia, obrigado por tudo!

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.