Glória Perez
Glória Perez (Divulgação)

Glória Perez, uma das melhores novelistas da Globo, passou apuros quando escreveu Salve Jorge, já que a novela foi extremamente criticada tanto pelo público quanto pela imprensa especializada.

Até Vera Fischer, que virou piada nas redes sociais por conta de sua personagem, Irina, passar a trama sentada, fez comentários negativos sobre o folhetim. A questão é que, desde então, a veterana está fora do ar.

O fato é que Perez dá a ” volta por cima” com A Força do Querer. A produção pegou o horário das 21h em crise, depois do fracasso A Lei do Amor, mas tem conseguido audiência acima dos 30 pontos e elogios, mais que merecidos.


Com três protagonistas femininas, o enredo se destaca, até aqui, especialmente com duas delas, vividas por Isis Valverde e Juliana Paes. A primeira, uma “sereia” saidinha, e a segunda uma mulher batalhadora que enfrenta problemas financeiros por ter escolhido o marido errado, segundo diz sua mãe.

Mas os acertos não se limitam as duas atrizes. No capítulo desta segunda-feira (01), por exemplo, Zezé Polessa causou risos com o embate que estrelou ao lado de Humberto Martins, que também faz ótima dobradinha com a sempre excelente Lilia Cabral.

Nem tudo são flores, é verdade. Fiuk segue cru para segurar um protagonista. Mas o que é um ator ruim em uma atração cheia de acertos?

Se continuar assim, A Força do Querer tem tudo para reverter a trajetória de queda da faixa das 21h.

Pedro Bial teve medo de substituir Jô Soares: “Ele me acalmou”

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.