Canastrão atuando, Sérgio Marone surge cru como apresentador

Sérgio Marone no Hoje em Dia (Divulgação)

Sérgio Marone estreou nesta segunda-feira (02) no Hoje em Dia, cobrindo as férias de César Filho, titular do matinal ao lado de Ana Hickmann, Renata Alves e Ticiane Pinheiro.

A função do ator é comandar a parte jornalística do formato, e ele tem demonstrado necessitar de auxílio da direção, assim como ocorre na profissão que o tornou conhecido no Brasil.

Nervoso e robótico, Sérgio se posiciona pior até que Dudu Camargo, aposta bizarra de Silvio Santos, que colocou um jovem de 18 anos para apresentar um telejornal no SBT. Porém, copiando os trejeitos de diversos profissionais, Camargo mostra certo desembaraço em frente às câmeras – ainda assim, inadequado para um telejornal.


A experiência de Marone no Hoje em Dia está sendo avaliada pela direção da Record, já que ele almeja ter um programa próprio no canal. O problema é que o profissional mostra-se muito cru e dependente do teleprompter.

E a questão é que nem é possível afirmar que é pela falta de experiência, já que Patrícia Abravanel, mesmo com anos na TV, também depende e muito do aparelho de leitura.

No caso de Sérgio Marone, seu trabalho como apresentador está no mesmo nível do que desenvolve enquanto ator: em Os Dez Mandamentos, sobraram caras e bocas e a atuação deixou a desejar.

Rapaz mente para produção do Encontro: “Não vim falar de dieta”

Não por acaso, recebeu uma nota zero de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, e resolveu argumentar que isso ocorreu por estar fora do Grupo Globo. Ao mesmo tempo, ele declarou que se “era difícil um 10 antes, agora então…”. Ou seja, Patrícia, por motivos óbvios, já não o avaliava de forma positiva enquanto ainda era global.

De qualquer forma, Sérgio Marone tem mais algumas semanas para mostrar para a Record a que veio. De repente ocorre um milagre…